Tags: Obrigações | Ações |

EDP e Jerónimo recuam quase 2% e arrastam PSI 20 para queda


 

Na Europa, os mercados corrigiram em baixa após os ganhos recentes e caíram ainda pressionados pela ausência do tema de ajuda a Espanha no primeiro dia da cimeira de líderes e pelos resultados piores que o esperado das norte-americanas GE e Microsoft.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 desvalorizou 1,63% para 5.442,84 pontos, com 17 títulos negativos, dois positivos e um inalterado, a REN, que terminou a sessão a cotar a 2,0 euros.

Ainda entre as energéticas, a EDP caiu 1,9% para 2,119 euros, sendo uma das acções que mais penalizou o índice, a Renováveis desceu 6,12% para 3,7 euros e a Galp Energia recuou 0,91% para 13,1 euros, num dia em que o preço do petróleo continuou em queda.

Entre os títulos que mais pressionou o PSI 20 esteve também a Jerónimo Martins, que terminou a última sessão a semana a perder 1,96% para 13,74 euros.

Na área de TMT, o dia foi também negativo, com Zon Multimédia a desvalorizar 0,43% para 2,3 euros, Sonaecom a recuar 1,69% para 1,341 euros e Portugal Telecom em queda de 1,22% para 3,882 euros.

No sector financeiro, BES e ESFG fecharam com uma descida de 4,11% e 0,18%, respectivamente, para 0,747 euros e 13,74 euros, enquanto o BPI perdeu 0,68% para 0,878 euros, o Banif caiu 1,79% para 0,165 euros, e o BCP foi a excepção ao valorizar 1,25% para 0,081 euros.

Além do BCP, a Portucel foi o outro título que conseguiu fechar acima da ‘linha de água’, com uma subida de 0,53% para 2,093 euros.

O Mais Lido

Próximos eventos