Dunas Banco Bic Tesouraria lidera na sua categoria a três anos


Os fundos da categoria Tesouraria Euro da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) são sete e tinham um património acumulado de quase 750 milhões de euros. O BPI Liquidez, da BPI Gestão de Activos é o maior fundo com mais de 335 milhões de euros em ativos sob gestão, o que corresponde a quase 45% do património total gerido nesta categoria. 

De acordo com os dados publicados pela Morningstar, os sete produtos apresentam uma rendibilidade anualizada média, nos últimos três anos, de 2,70%. Entre os fundos analisados, o Dunas Banco BIC Tesouraria (categoria em euros), gerido pela independente Dunas Capital, é o fundo mais rentável nesse período com ganhos acima de 5,25%, no final do mês passado. O fundo fechou o mês de novembro com mais de 83 milhões de euros em ativos sob gestão. Nas maiores posições do fundo, no final de outubro, podemos encontrar dívida soberana portuguesa e italiana. No entanto, “liquidez e depósitos” representam a maior fatia da carteira, com uma presença acima dos 50%.

Para Pedro Alves, um dos gestores do fundo, juntamente com Pedro Fernandes, “a base da rentabilidade nestes últimos três anos assentou em três pilares. Na base da carteira uma componente de rendimento, através de depósitos e papel comercial, para redução da volatilidade. Em segundo lugar a diversificação, para redução do risco idiossincrático num período de forte instabilidade e risco sistémico e por último uma gestão ativa do crédito e da duration da carteira, que nos permitiu aproveitar as melhores oportunidades. Neste contexto e apesar das condições particularmente difíceis, foi nos países periféricos que encontrámos as melhores oportunidades. Assim, a base da rentabilidade nos últimos anos centrou-se em grande parte em dívida pública Portuguesa, Espanhola e Italiana e dívida corporate, financeira e não financeira, também na periferia”.

E quais as variáveis na hora de escolher um investimento? Para o gestor "a seleção de ativos numa perspetiva de curto prazo depende da aversão ao risco em cada momento, do perfil de risco-retorno a nível individual e do “fit” na carteira. De qualquer forma, o risco que mais nos preocupa é o risco de crédito, que é irreversível. Temos também uma preocupação permanente com a liquidez. Em momentos mais defensivos são privilegiados investimentos com elevada liquidez e com menor volatilidade e risco de crédito".

Além do Dunas Banco Bic Tesouraria, também se destacam dois produtos com mais de 3% de rendibilidade anualizada nos últimos três anos: o Popular Tesouraria e ainda o Patris Tesouraria. O primeiro, gerido pela Popular Gestão de Activos apresenta uma rendibilidade de 3,95% enquanto o fundo da Patris Gestão de Activos atinge os 3,24% no mesmo período. Entre os 2% e os 3% podemos encontrar um produto, no caso o Montepio Tesouraria da Montepio Gestão de Activos.

O Millennium Liquidez da Millennium Gestão de Activos, o Santander MultiTesouraria da Santander Asset Management e ainda o BPI Liquidez, da BPI Gestão de Activos completam o lote dos fundos que compõem a categoria.

Os fundos da categoria ‘Tesouraria Euro’

FundoEstrelas MorningstarGestoraRendibilidade 2 anosRendibilidade 3 anos Ativos sob gestão 
Dunas Banco BIC Tesouraria A5Dunas Capital - Gestão de Activos2,605,25 83 207 782 €
Popular Tesouraria4Popular Gestão de Activos1,473,95 11 184 860 €
Patris Tesouraria4Patris Gestão de Activos2,993,24 6 159 170 €
Montepio Tesouraria Montepio Gestão de Activos0,702,10 96 654 129 €
Millennium Liquidez3Millennium Gestão de Activos0,971,63 71 048 262 €
Santander Multitesouraria2Santander Asset Management0,321,42 144 359 647 €
BPI Liquidez3BPI Gestão de Activos0,751,29 335 773 162 €
Fonte: APFIPP no final do mês de novembro.
Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos