Dois fundos flexíveis duplicaram o seu património sob gestão em cinco meses


Os fundos flexíveis representavam, no universo das gestoras portuguesas, no final de maio, mais de 832 milhões de euros, distribuídos por 15 produtos, segundo dados da APFIPP. Esta tipologia de produto tem vindo a ganhar popularidade precisamente pela flexibilidade que tem, isto é, pela capacidade que a equipa gestora tem de se adaptar às condições de mercado e de investir nas várias classes de ativos, de acordo com a política de investimento definida, de forma a acrescentar ao investidor o máximo valor possível sem incorrer em demasiado risco. 

Dos 15 fundos de investimento, apenas dois conseguiram pelos menos duplicar o seu valor sob gestão em 2014, sendo que ambos pertencem à Banif Gestão de Activos. São eles: o Banif Ibéria e Banif Investimento Conservador. O primeiro é gerido por Jorge Guimarães e por Nuno Marques (veja aqui entrevista sobre o fundo) e viu o seu valor aumentar em mais de 8,45 milhões, situando-se atualmente nos 11,72 milhões de euros, o que representa um aumento percentual de 259%. Já o Banif Investimento Conservador cresceu 8 milhões para os 14 milhões de euros, valorizando mais de 124% desde do final do ano passado.

BBVA Gestão Flexível com maior aumento em valores absolutos

Em termos absolutos é o produto da BBVA Gest aquele que mais cresceu nos primeiros cinco meses do ano. Recentemente premiado, pela segunda vez consecutiva, pela Morningstar como o melhor fundo nacional misto flexível euro (veja aqui a entrevista com Jorge Silveira Botelho, CIO da gestora), o produto BBVA Gestão Flexível já cresceu mais de 19 milhões este ano para os 62 milhões de euros, o que representa um aumento de 45%.

Além dos dois produtos da Banif Gestão de Activos já mencionados, destaque ainda para o Santander Global da Santander Asset Management que cresceu 6 milhões para os 227 milhões de euros.

Maiores produtos sem alterações

No ranking dos maiores produtos desta categoria não houve alterações face ao final do ano passado. Na liderança continua o ES Plano Dinâmico da ESAF com 247 milhões de euros, seguido do fundo já analisado da Santander Asset Management. O BPI Global, da BPI Gestão de Activos, segue na terceira posição com mais de 88 milhões de euros sob gestão.

 

Os fundos flexíveis, ordenados por ativos sob gestão

FundoEstrelas MorningstarGestoraRendibilidade maio (%)Rendibilidade 1 ano (%) Ativos sob gestão - dezembro 2013  Ativos sob gestão - maio 2014 
ES Plano Dinâmico2ESAF1,64511,240 264 375 009 € 247 584 868 €
Santander Global2Santander Asset Management0,5316,315 221 374 171 € 227 386 292 €
BPI Global2BPI Gestão de Activos0,9794,307 88 668 320 € 88 250 619 €
BBVA Gestão Flexível4BBVA Gest1,4786,579 42 674 314 € 62 010 507 €
BPI Brasil BPI Gestão de Activos3,088-8,177 67 327 151 € 59 153 408 €
ES Estratégia Activa II3ESAF0,4254,658 42 807 870 € 39 213 703 €
ES Estratégia Activa3ESAF0,2904,797 28 081 703 € 28 193 378 €
ES Plano Prudente4ESAF0,5025,096 26 405 922 € 26 711 684 €
Banif Investimento Conservador4Banif Gestão de Activos1,1996,675 6 511 890 € 14 603 096 €
Banif Ibéria Banif Gestão de Activos0,54213,395 3 263 707 € 11 722 736 €
Banif Investimento Moderado3Banif Gestão de Activos1,8128,881 6 070 213 € 11 139 375 €
ES Plano Crescimento5ESAF0,6676,284 6 487 136 € 6 704 762 €
ES Brasil ESAF3,280-14,632 10 884 777 € 6 478 489 €
Montepio Mercados Emergentes1Montepio Gestão de Activos1,8232,164 1 798 077 € 2 032 782 €
ES Dynaflex EUR2ESAF0,8591,580 1 373 190 € 1 382 269 €

Análise Funds People a partir dos dados disponibilizados pela Morningstar a 31 de maio de 2014.

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos