Dois fundos de euro taxa fixa e um FEI de acções entram nas dez maiores rendibilidades


No final da última semana, o ‘ranking’ dos 10 maiores retornos, nos últimos 12 meses, divulgado pela APFIPP, continuava a ser liderado pelo Caixagest Mix Emergentes, que pertence à categoria de Protecção de Capital, com um retorno de 46,2%, mas contou com três entradas novas face às semanas anteriores.

Com uma rendibilidade efectiva anual a 12 meses superior a 25%, dois fundos abertos de taxa fixa do Barclays, e um fundo especial de investimento (FEI) da ESAF constam do mais recente ‘top ten’, actualizado semanalmente pela APFIPP.

O Barclays Obrigações Euro 2015 II, que ocupa o nono lugar do ‘ranking’, acumula uma rendibilidade de 26,3% e tem sob gestão 29,6 milhões de euros; na décima posição está o Barclays Obrigações Euro 2015 I, com um retorno de 26,2% e uma carteira de 33,5 milhões de euros. Ambos pertencem à categoria de Fundos Obrigações Taxa Fixa Euro e são geridos pelo Barclays Wealth Managers Portugal.

O Espírito Santo África pertence à categoria de FEI de Acções, que acumula uma rendibilidade efectiva anual de 28%, ocupando assim o oitavo lugar no ranking, e tem 10,6 milhões de euros em activos sob gestão.

Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos