Tags: Pensões |

Dívida pública aumenta a sua presença nos fundos de pensões


No último relatório publicado pelo Instituto de Seguros de Portugal, referente ao primeiro trimestre de 2014, a composição das carteiras de investimento dos fundos de pensões sofreu algumas alterações, embora sem mudanças muito significativas.

Os títulos de dívida pública aumentaram a sua presença, igualando no primeiro lugar os fundos de investimento. Ambos os ativos apresentam uma presença de 26% no total da carteira, com a dívida pública a aumentar dois pontos percentuais no primeiro trimestre e com os fundos de investimentos a não sofrerem oscilações. Em linha ascendente também aparecem as ações passando de 10% para 11% do total da carteira, enquanto os depósitos bancários caem de 12% para 10%.

As obrigações privadas e os imóveis mantêm-se estáveis, face ao final do ano passado.

Como é distribuída a carteira dos fundos de pensões, pelo ISP

Dados: Relatório trimestral do ISP para os fundos de pensões

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos