Diversidade no top 3 dos fundos mais rentáveis em julho


Olhando para as estratégias mais rentáveis do mês de julho é possível observar que os fundos de ações voltaram a dominar o top dez. Por outro lado, no que diz respeito ao universo de investimento, são distintos os três temas dominantes: Brasil, sector financeiro e mercados emergentes.

De facto, os produtos com exposição ao mercado brasileiro foram os mais rentáveis do mês de julho. Depois de dois meses algo atribulados, este parece agora recuperar algum do terreno perdido entretanto. Não obstante, o grande destaque é a presença do fundo de commodities da Caixagest na posição de terceiro mais rentável do mês.

Captura_de_ecra__2017-08-7__a_s_12

Nos dois primeiros lugares surgem, assim, dois fundos cujo foco de investimento é o mercado brasileiro. Na liderança ficou o fundo de ações brasileiras da BPI Gestão de Activos, cuja carteira apresenta uma exposição sectorial bastante diversificada, embora o sector com maior preponderância seja o sector financeiro. No mês em questão, o BPI Brasil Valor obteve uma rentabilidade de 6,79%, o único produto a ultrapassar a barreira dos 6% de ganhos.

Imediatamente a seguir surge o BPI Brasil, um fundo multiativo cuja rentabilidade se fixou nos 5,54%. Ainda que as ações sejam a classe de ativos com maior representatividade na sua carteira, as obrigações do tesouro brasileiro representam as três maiores posições em carteira. Em termos sectoriais, o sector financeiro é, à semelhança do seu homólogo, o sector com maior percentagem de exposição (39,61%, de acordo com os dados da Morningstar).

O top três fecha, desta forma, com o Caixagest Matérias Primas. Este é um fundo de fundos, cujo objetivo é “proporcionar a exposição a uma carteira diversificada de ativos expostos aos principais sectores do mercado global de matérias-primas”, pode ler-se no prospeto. O produto da Caixagest registou, no final de julho, uma rentabilidade de 4,66%.

Os dez produtos mais rentáveis do mês de julho

Captura_de_ecra__2017-08-7__a_s_13

Fonte: Morningstar Direct, 31 de julho de 2017

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos