Diversidade de geografias em evidência nos melhores fundos de outubro


Chegámos ao último trimestre do ano! No primeiro mês do último quarto de 2015, houve uma melhoria nas rendibilidades dos fundos de investimento nacionais face, sobretudo, aos últimos dois mesesagosto e setembro. De acordo com os dados disponibilizados pela plataforma online da Morningstar, os quase duzentos produtos nacionais registaram uma rendibilidade média, em outubro, de 4,65%.

Olhando para a tabela das rendibilidades dos fundos disponibilizados pelas entidades nacionais, verificamos que entre os produtos mais rentáveis do mês existe um denominador comum: o investimento ser realizado fora do Velho ContinenteO produto mais rentável do mês foi o Caixagest Acções EUA. Gerido pela Caixagest o fundo regista uma rendibilidade de 15,51% tendo cerca de 90 milhões de euros em património. A maior cotada em carteira é a Apple, sendo seguida da Allergan, da United Health, da Exxon Mobil e ainda da Alphabet (ex-Google). Este fundo tem sido dos mais rentáveis ao longo dos últimos tempos, sobretudo nos últimos cinco anos e é um dos três maiores produtos de ações do mercado nacional.

Virando para oriente, encontramos mais um fundo da Caixagest que é o segundo com melhor comportamento do mês. Trata-se do Caixagest Acções Japão que valorizou 15,39% no décimo mês do ano. Com mais de 16 milhões de euros em património, o produto investe exclusivamente no mercado nipónico, com os maiores investimentos em carteira a serem realizados na parte financeira da Mitsubishi, na Yamaha e na Sony. Este produto foi um dos grandes destaques do mercado nacional na primeira metade do ano, tendo também ocupado a liderança entre os melhores fundos a doze meses no ranking semanal da APFIPP durante algumas semanas de 2015.

No terceiro produto mais rentável do mês voltamos à terra do Tio Sam. Com uma rendibilidade de 14,52% surge o Santander Acções América. Sob gestão de Diogo Pimentel da Santander Asset Management, o produto saiu vencedor na primeira edição dos prémios Diário Económico/APFIPP na categoria de melhor fundo de ações americanas. Com mais de 30 milhões de euros em património, o maior investimento é realizado num ETF da iShares, o iShares Core S&P500. Em termos de cotadas, destacam-se a Apple, a Exxon Mobil, a Microsoft e a Johnson & Johnson.

Só no quarto fundo mais rentável encontramos alguma referência ao Velho Continente, através do Caixagest Ações Líderes Globais. Também sob responsabilidade da Caixagest, o fundo regista ganhos em outubro de 13,98%. É o maior fundo de ações em Portugal e um dos nove produtos que teve captações líquidas positivas em todos os primeiros nove meses de 2015. Nos maiores investimentos encontramos as norte-americanas Alphabet, Nike e McDonald’s e ainda as europeias Nestlé, L’Oreal e LVMH.

Portugal também em destaque

Os fundos que investem no mercado nacional também se destacaram em outubro. À boleia do PSI-20, que obteve o segundo melhor mês do ano, com uma subida superior a 8% surgem alguns produtos, como é o caso do Santander PPA e do Santander Acções Portugal da Santander Asset Management. Os dois produtos registaram uma subida superior a 12,5%. Da Caixagest figura o Caixagest Acções Portugal e Caixagest PPA com uma valorização maior as 12%, enquanto o Millennium Acções Portugal da Millennium Gestão de Activos registou ganhos de 12,05%. Já o Banif Acções Portugal, da Banif Gestão de Activos, sofreu um incremento de 11,31%.

Os 30 fundos mais rentáveis de outubro

FundosGestoraRendibilidade Outubro (%)
Caixagest Acções EUACaixagest15,507
Caixagest Acções JapãoCaixagest15,389
Santander Acções AméricaSantander Asset Management14,520
Caixagest Ações Líderes GlobaisCaixagest13,980
Millennium Global Equities SelectionMillennium Gestão de Activos13,255
Montepio Acções InternacionaisMontepio Gestão de Activos12,656
Santander PPASantander Asset Management12,576
Santander Acções PortugalSantander Asset Management12,568
Banif Euro AcçõesBanif Gestão de Activos12,460
Millennium Acções América Millennium Gestão de Activos12,416
Caixagest PPACaixagest12,235
Caixagest Acções PortugalCaixagest12,138
Millennium Acções PortugalMillennium Gestão de Activos12,057
Montepio CapitalMontepio Gestão de Activos11,923
Caixagest Acções EmergentesCaixagest11,804
Millennium Mercados EmergentesMillennium Gestão de Activos11,737
Santander Acções EuropaSantander Asset Management11,693
Montepio Acções EuropaMontepio Gestão de Activos11,669
Montepio Euro EnergyMontepio Gestão de Activos11,533
Montepio AcçõesMontepio Gestão de Activos11,497
Banif Acções PortugalBanif Gestão de Activos11,316
Caixagest Acções OrienteCaixagest11,238
Caixagest Postal AcçõesCaixagest11,237
Caixagest Acções EuropaCaixagest11,203
BPI América DBPI Gestão de Activos11,142
Montepio Multi Gestão Merc. Emg.Montepio Gestão de Activos11,104
Millennium EurocarteiraMillennium Gestão de Activos10,979
Millennium EurofinanceirasMillennium Gestão de Activos10,186
Millennium Prestige ValorizaçaoMillennium Gestão de Activos9,959
BPI Ásia PacíficoBPI Gestão de Activos9,883
Fonte: Morningstar no final de outubro

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos