Tags: Obrigações | Ações |

Diogo Pimentel distinguido como melhor gestor de fundos na 27ª Gala de entrega de prémios do IRG Awards


A 27ª Gala de entrega de prémios do IRG Awards teve lugar na noite de ontem e consagrou aqueles que superaram as expectativas e cresceram mais fortes ao longo do ano de 2013 no mercado financeiro português. 

O reconhecido gestor Diogo Pimentel, da Santander Asset Management foi premiado na categoria de melhor gestor de fundos, deixando para trás os restantes nomeados - Pedro Pintassilgo, da F&C, João Fidalgo, da Caixa Gestão de Activos, José Valente, da ESAF - nomes não menos conhecidos e reconhecidos no universo da gestão de ativos.

Porque não existe buyside sem sellside, também foi distinguido o melhor analista de mercado. Entre os nomeados António Seladas do Millennium Investment Banking, Bruno Almeida da Silva do Banco BPI, Filipe Rosa e Nuno Estácio do Espírito Santo Investment Bank, o galardão foi arrecadado por Bruno Almeida da Silva.

Entre as casas de research e, sem surpresas, o Banco BPI foi o reconhecido repetindo a proeza do ano passado. Bruno Almeida da Silva voltou a subir ao palco e recebeu o IRG Award de Melhor Casa de Research. 

Nesta extraordinária cerimónia que contou com a presença de diversas personalidades do mundo financeiro português foram, igualmente, distinguidos António Mexia da EDP como Melhor CEO em Investor Relations, Miguel Bragança do Banco Comercial Português como Melhor CFO em Investor Relations e num dos galardões mais especiais da noite - o de lifetime achievement em mercados financeiros foi homenageado, de forma póstuma, António BorgesJoão Vermelho da Mota-Engil foi igualmente reconhecido como Melhor Investor Relations Officer, sendo que a própria Mota Engil venceu o prémio de Melhor Performance em Bolsa (2013). Já a Melhor Estratégia Global de Investor Relations foi atribuída à cotada Galp Energia.

Por último os melhores Relatórios & Contas nos sectores financeiro e não financeiro couberam ao Banco BPI e EDP, respetivamente. Houve ainda lugar para mais um prémio, desta feita a uma das mais recentes empresas cotadas no PSI20 - os CTT - que  viram elogiado o seu processo de privatização. 

Profissionais

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos