Dados sobre a “saúde” da economia europeia, marcam a semana


A divisão do Banco BES em dois – Novo Banco e Bad bank – durante a semana passada marcou o panorama nacional mas não só. Ao nível internacional também várias vozes se levantaram para comentar o caso.

Esta segunda-feira, dia 11 de agosto, os principais acontecimentos chegam do Japão e do Reino Unido. De terras nipónicas sabe-se informação referente ao índice de preços para os bens fornecidos pelas empresas domésticas, em julho. No país é ainda dia de serem revelados dados sobre o relatório económico mensal elaborado pelo Banco do Japão. Do Reino Unido chegam números sobre as vendas a retalho, em julho.  

Índice de preços no consumidor em Portugal

No dia seguinte, 12 de agosto, atenções viradas para a saúde económica de Portugal, com o índice de preços no consumidor do sétimo mês do ano a ser conhecido. Neste dia o Japão volta a centrar atenções dos mercados, com os números da produção industrial em junho. Na Alemanha, por outro lado, são divulgados dados sobre as expectativas de investidores e analistas do país, pelo centro ZEW para a pesquisa económica Europeia.

A meio da semana, quarta-feira, 13 de agosto, a economia alemã volta a estar sob o escrutínio dos mercados, por causa da divulgação do índice de preços no consumidor, no sétimo mês do ano. O mesmo indicador é ainda revelado também em Espanha. Nos EUA, por outro lado, sabem-se valores sobre as vendas a retalho, em junho. Na Zona Euro, por outro lado, são lançados dados sobre a produção industrial também no sexto mês do ano.

Quinta-feira, dia 14 de agosto, novamente a economia lusa em destaque, com dados sobre o PIB no segundo trimestre do ano. Na Zona Euro, por outro lado, sabem-se informações sobre o índice de preços no produtor em julho, e ainda, acerca do produto interno bruto no segundo trimestre do ano.

Sexta-feira, feriado em Portugal, no Reino Unido é dia de se saberem números referentes ao PIB inglês no segundo trimestre do ano.  Nos EUA, por outro lado, sabem-se dados sobre o índice de preços no produtor, em julho e ainda o índice de sentimento do consumidor, dado a conhecer pela Universidade de Michigan/Reuters, em agosto.

Ao nível dos leilões da dívida, a semana que termina a 15 de agosto tem marcados dois leilões. Na segunda-feira, dia 11, é a vez da Alemanha se ir financiar aos mercados, enquanto a Itália tem leilão marcado logo no dia seguinte, terça-feira.

O Mais Lido

Próximos eventos