Tags: Negócio |

Conheça os vencedores dos Prémios APFIPP


Em parceria com o Jornal de Negócios a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios voltou a levar a cabo os prémios que reconhecem os fundos de investimento em Portugal. Na cerimónia decorrida ontem no Círculo Eça de Queiróz, em Lisboa, foram várias as categorias agraciadas.

Na categoria de ‘Melhor fundo de Ações Nacionais’, o premiado foi o BPI Portugal gerido pela BPI Gestão de Activos. O Fundo a cargo de Catarina Quaresma Ferreira é também ele um fundo com o selo Consistente Funds People. O ‘Melhor Fundo de Ações Europeias’, por seu turno, coube ao Popular Acções, a cargo da Popular Gestão de Activos. Quando o “assunto” são os ‘Outros fundos de ações’ o premiado foi o Montepio Euro Healthcare, gerido pela Montepio Gestão de Activos. Ainda no âmbito dos fundos mobiliários, na categoria de ‘Melhor Fundo Multiativos’, o vencedor da noite foi o Popular Global 50, da gestora do Banco Popular.

 O ‘Melhor fundo flexível’, por sua vez, coube ao produto Lynx Valor, a cargo da Lynx Asset Managers. O ‘Melhor Fundo PPR’, por seu turno, foi atribuído à Futuro, com o seu fundo PPR Garantia de Futuro. Tempo houve ainda para mais três categorias:’ Melhor Fundo do Mercado Monetário’, ‘Melhor Fundo de Curto Prazo’ e ‘Melhor Fundo de Obrigações Taxa Indexada’. No caso da primeira categoria o premiado foi o CA Monetário, da CA Gest, enquanto o Consistente Funds People IMGA Extra Tesouraria III, gerido pela IM Gestão de Ativos, foi vencedor na categoria de Curto Prazo. O terceiro galardão foi atribuído ao CA Rendimento, da CA Gest. Destaque também para a categoria de 'Outros Fundos de Obrigações' onde o vencedor foi o Banif Euro Corporates, da Banif Gestão de Activos.

Ainda dentro dos fundos mobiliários, agraciaram-se fundos domiciliados fora de Portugal. Na categoria de ‘Melhor Fundo de Ações domiciliado fora de Portugal’, o vencedor foi o BPI América, da BPI GA, enquanto o ‘Melhor Fundo de Obrigações domiciliado fora de Portugal’ coube ao NB Global Enhancement, da GNB Gestão de Ativos.

Ao contrário do ano passado, na edição deste ano também os produtos imobiliários e os fundos de pensões estiveram em destaque. O destaque no ‘Melhor Fundo Imobiliário Aberto’ coube ao conhecido CA Património Crescente, da Square Asset Management, ao passo que o prémio de ‘Melhor Fundo Imobiliário Fechado’ foi atribuído ao Fundiestamo I, gerido pela Fundiestamo.

No universo de Fundos de Pensões duas entregas de prémios: na categoria ‘Melhor Fundo de Pensões Aberto Nível de risco 3’ o vencedor foi o Caixa Reforma Activa, da Caixa Pensões, ao passo que o ‘Fundo de Pensões Aberto Nível de risco 4’ agraciado foi o Horizonte Valorização, gerido pela Ocidental Pensões.

Na categoria de ‘Personalidade do Ano na Gestão de Ativos’ o júri escolheu Paulo Núncio, ex-Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, como a figura mais relevante nesta indústria durante o ano passado, pelo papel que desempenhou “numa reforma indispensável para os fundos de investimento”, referiu José Veiga Sarmento, Presidente da Associação.

Fundos Vencedores

Captura_de_ecra__2016-06-1__a_s_10

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos