Tags: Emergentes | Latam |

Conheça os novos executivos da BNY Mellon Brasil


As saídas de Zeca Oliveira, de Alberto Elias e de  Carlos Pereira da BNY Mellon abriram a porta a Adriano Koelle e Carlos Salamonde na BNY Mellon. Os novos executivos são conhecidos do mercado dos fundos de pensões, sendo que o primeiro vai ser o coordenador para a América Latina e diretor executivo para o Brasil enquanto Carlos Salamonde assume a coordenação da área de asset servicing para a América Latina.

Ambos apresentam um currículo invejável. Adriano Koelle sai da Goldman Sachs para abraçar este projeto. No grupo norte-americano Adriano Koelle era o diretor de distribuição da área de asset management. Antes de estar no gigante norte-americano também passou na área de institucionais na Schroders e anteriormente no Chase Manhattan Bank.

Já Carlos Salamonde que possui mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, saiu da J.P.Morgan. Antes ainda trabalhou no Itaú-Unibanco e BBA. Além do asset Servicing, Salamonde será o responsável pelos negócios em crescimento na região com foco em bancos, fundos soberanos e fundos de pensão em toda a América Latina.

O BNY Mellon possui, também, uma posição destacada no mercado de administração fiduciária e consultoria no Brasil. Atualmente têm cerca de 200 mil milhões de reais sob gestão.

 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos