Como andou a volatilidade nos fundos de fundos?


O ‘batimento cardíaco’ dos mercados financeiros é medido através da sua volatilidade quase constante. Depois de no início da década os mercados terem sido atingidos por elevadas oscilações, os últimos doze meses foram mais calmos e trouxeram a volatilidade para valores mais baixos.

Os fundos de fundos podem ser um bom barómetro para verificar como tem evoluído este ‘batimento cardíaco’ e as suas implicações na rendibilidade dos produtos associados.

Pouca pulsação nas obrigações

Nos fundos de fundos de obrigações a volatilidade tem sido baixa, como era de esperar.  Tanto a três anos como nos últimos doze meses, a volatilidade média, medida pelo desvio-padrão, dos fundos de fundos deste segmento tem sido a mais baixa, quando comparada com os fundos de fundos mistos e os fundos de fundos de ações, isto segundo os dados publicados pela Morningstar.

Nos produtos com dados para os horizontes temporais observados, a volatilidade tem sido muito próxima. Com o desvio-padrão mais baixo, nos dois prazos de análise, vem o Millennium Prestige Conservador. O fundo apresenta um indicador de 1,15% a um ano e de 3,62% nos últimos três anos. 

Ações impróprias para cardíacos

Para os fundos de fundos de ações o “coração tem batido de forma mais acelerada”. O mercado acionista é conhecido por ser dos mais voláteis e isso reflete-se na volatilidade dos fundos de fundos que investem nesta classe de ativos.

Examinando os quatro produtos que compõem esta categoria, encontramos uma grande melhoria em todos eles, quando comparamos os dois prazos em análise.

O Popular Global 75 é o produto deste segmento com menor volatilidade nos últimos doze meses, sendo também aquele que mais ‘acalmou’ entre o último triénio e os últimos doze meses, baixando o seu ‘batimento’ em mais de 6 pontos percentuais.

Pulso firme nos fundos de fundos mistos

Com uma volatilidade média de 2,83% nos últimos dozes e de 6,56% nos últimos três anos, aparecem os fundos de fundos mistos. Entre os cinco produtos com dados para ambos os períodos, o Millennium Prestige Moderado é aquele que lidera com os menores níveis de volatilidade. O fundo apresenta um “batimento cardíaco” de 1,89% no último ano e de 5,1% nos últimos três anos.

Os fundos de fundos do mercado nacional

ProdutosVolatilidade 1 anoVolatilidade 3 anos
Fundos de Fundos Mistos (média)  2,835  6,566
BPI Selecção FIAMA3,8577,800
BPI Universal FIAA3,7656,003
Millennium Prestige Moderado FIMA1,8935,107
Montepio Multi Gestão Equilibrado FIMA2,3286,814
Popular Global 50 FIAM2,3347,108
Santander Private Dinâmico FIMAn.a.n.a.
Santander Select Dinâmico FIMAn.a.n.a.
Fundos de Fundos Predominantemente Obrigações (média)  1,449  4,131
Millennium Prestige Conservador FIMA1,1523,627
Montepio Multi Gestão Prudente FIMAO1,5174,267
Popular Global 25 FIAMO1,6774,499
Santander Private Defensivo FIMAn.a.n.a.
Santander Private Moderado FIMAn.a.n.a.
Santander Select Defensivo FIMAn.a.n.a.
Santander Select Moderado FIMAn.a.n.a.
Fundos de Fundos Predominantemente Ações (média)  5,171  9,909
Millennium Prestige Valorizaçao FIMA3,5738,182
Montepio Multi Gestão Dinâmica FIMA4,3519,791
Montepio Multi Gestão Merc. Emg. FEIA9,65912,532
Popular Global 75 FIAA3,1029,132
Análise Funds People a partir dos dados disponibilizados pela Morningstar a 30 de setembro.
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos