Tags: Negócio |

Chegámos a meio de 2016, e a indústria de fundos nacional continua a contrair


A indústria de fundos nacional continua a encolher. Nos mais recentes dados da APFIPP indicam que no final de junho de 2016, o valor dos ativos geridos pelos fundos de investimento mobiliários ascendeu a 10.788,3 milhões de euros. A diminuição face ao mês passado é portanto de 2,7%, enquanto que desde o início do ano o decréscimo nos montantes sob gestão é de 9,6%.

Menos dois fundos no mercado nacional

O mês de junho voltou a marcar mais um período de saídas de dinheiro para o mercado nacional de fundos. A Associação indica que em junho se registou um volume de subscrições de 300,9 milhões de euros, que contrastou com um volume de resgates de 522,5 milhões de euros.

Com a liquidação de 2 fundos – o Banif Ásia – F.I.A e o Banif Investimento Defensivo, da Banif Gestão de Activos – verificou-se que o fluxo de saída total ascendeu a 523,3 milhões de euros, o que perfez um saldo negativo de entradas e saídas no montante de 222,4 milhões de euros. Desde o início do ano o saldo acumulado de subscrições menos resgates também deixa muito a desejar: 782,5 milhões de euros.

Universo de fundos a contrair desde o início do ano

De realçar ainda que o universo de fundos nacionais está em contração desde o início do ano, no que toca ao número de produtos. Se em dezembro passado o número de produtos era de 190, seis meses volvidos o mercado atingiu um patamar de 181 fundos.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos