Tags: Negócio |

CGD: Ativos fora do balanço crescem 4,5% em 2015


A Caixa Geral de Depósitos já apresentou os seus resultados referentes ao ano passado, onde conseguiu reduzir o seu prejuízo em 454 milhões de euros, fechando 2015 com lucro negativo de 171,5 milhões de euros. Já em termos de margem financeira, esta cresceu em 2015 mais de 14% para um total de 1.187,9 milhões de euros. Em sentido contrário moveram-se as comissões líquidas, já que houve uma quebra de 0,7% em 2015, face a 2014, tendo fechado o ano passado num total de 511 milhões de euros.

Ativos fora do balanço em rota ascendente

Os ativos fora do balanço também conseguiram crescer em 2015 na Caixa Geral de Depósitos. No comunicado com os resultados da instituição, os ativos fora de balanço cresceram 4,5% para 28.519 milhões de euros, o que em termos monetários corresponde a um incremento de 1.228 milhões de euros. Para este valor em muito contribuíram dois segmentos: os fundos mobiliários e ainda a gestão de patrimónios. Em ambos os casos o aumento foi superior a 500 milhões de euros. Já os fundos de pensões tiveram um subida de 242 milhões para 3.414 milhões de euros.

Este aumento foi justificado, pela entidade, devido ao “continuado percurso descendente das taxas de remuneração das aplicações em depósitos durante o ano de 2015 em paralelo com alguma alteração do perfil e padrão comportamental dos clientes da CGD” que resultou num maior interesse por outras soluções de poupança.

 

Upload

Próximos eventos