Certificados de aforro continuam com saldo positivo em outubro


Os últimos dados divulgados pelo IGCP- Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública dão conta de que de janeiro a setembro de 2013 as subscrições em certificados de aforro aumentaram 0,099 milhões de euros, atingindo os 10,018  milhões de euros de saldo acumulado no final dos primeiros nove meses do ano.

A soma de emissões feitas nestes produtos, no final de setembro era de 1.000 milhões de euros, enquanto as amortizações se situaram nos 651 milhões de euros.

No que diz respeito ao mês de outubro em específico, os dados revelados dão conta de que  no 10.º mês do ano os certificados de aforro registaram entradas de 131  milhões de euros, enquanto as saídas foram de 70 milhões.  Desta forma a 31 de outubro, os certificados de aforro acumulavam 10.080 milhões de euros de saldo.

No que diz respeito aos certificados do tesouro, há que salientar que estes produtos viram as suas subscrições serem suspensas desde 2012. Assim, destes produtos saíram nos últimos 9 meses 32 milhões de euros.

A taxa de juro bruta para novas subscrições de certificados de Aforro, série C, em dezembro de 2013 foi fixada em 3,18%. 

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos