Categorias de fundos preferidas das gestoras de fundos de pensões


A totalidade dos fundos de investimento representavam 26,4% da carteira dos fundos de pensões, no final de 2013. Esta é a categoria mais representativa, uma vez que as obrigações de taxa fixa representam 25,8%. De notar, ainda, que o total da carteira era no final de 2013 de 14,787 mil milhões de euros distribuídos por 190 produtos de investimento a pensar na reforma, segundo a APFIPP.

Dentro dos fundos de investimento, a categoria favorita são as ações com 10% da carteira total. Logo depois aparecem os fundos de investimento imobiliários com 7,4% e os fundos de obrigações com 6,4%.

E entre as gestoras?

Entre as 11 sociedades gestoras com dados publicados pela APFIPP, a Santander Pensões é aquela que tem a maior percentagem da sua carteira em fundos de ações com 14,5%.

Por outro lado, quem prefere ter em carteira fundos de obrigações é a Banif Açor Pensões com 18,2% da sua carteira investido nesta classe de ativos. Em relação aos fundos de tesouraria a preferência por esta classe vai para a ESAF com 1,9% do total da sua carteira.

Já em relação aos fundos imobiliários, á a Santander Pensões a gestora que mais aposta nesta classe de ativos com 23,5% da sua carteira investida.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos