Tags: Negócio | Ações |

Captações Líquidas: os destaques em setembro nos fundos de ações


Como já referido recentemente pela Funds People, o nono mês de 2015 trouxe novamente as captações líquidas dos fundos de investimento em Portugal para terreno negativo. De acordo com o relatório publicado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – os resgates foram maiores do que as subscrições em cerca de 80 milhões de euros, no mês de setembro.

Nos fundos de ações a tendência foi a mesma, com o saldo entre subscrições e resgates a ser negativo, na ordem dos 3,4 milhões de euros. Das cinco categorias em que a Associação engloba os fundos de ações, apenas duas conseguem ter saldo positivo: “Outros fundos de ações internacionais” e ainda os “fundos de ações América do Norte”.

Pela nona vez consecutiva, ou seja em todos os meses de 2015, o fundo Caixagest Ações Líderes Globais volta a ser o produto de ações com maior volume de captações líquidas. Gerido pela Caixagest, o saldo registado pelo produto em setembro foi de 3,265 milhões de euros. Em termos acumulados, o fundo em 2015 regista captações líquidas de 84 milhões de euros, com o primeiro trimestre do ano a ser o melhor "período" para o fundo, com mais de 41 milhões de euros em captações líquidas. No final de setembro o fundo tinha um património de 140 milhões de euros, sendo o maior fundo de ações do mercado nacional e um dos 20 maiores produtos nacionais.

O segundo fundo de ações com mais captações líquidas em setembro é também gerido pela Caixagest. Trata-se do Caixagest Acções EUA que no nono mês do ano conseguiu apresentar um saldo entre subscrições e resgates superior a 900 mil euros. Este fundo é o maior da sua categoria, somando praticamente 90 milhões de euros em património, com os maiores investimentos em carteira a pertencerem à Apple e para à Allergan.

Já com praticamente 500 mil euros em captações líquidas surge o terceiro fundo de ações: o Montepio Acções. Gerido pela Montepio Gestão de Activos o fundo investe no mercado europeu e tem como maiores posições em carteira empresas nacionais como os CTT, a Jerónimo Martins ou a EDP. O fundo gere quase 12 milhões de euros.

Os fundos de ações com captações líquidas positivas em setembro

FundoGestoraCategoriaCaptações líquidas Setembro
Caixagest Ações Líderes GlobaisCaixagestAções: Outros fundos internacionais 3 265 600 €
Caixagest Acções EUACaixagestAções América do Norte 909 000 €
Montepio AcçõesMontepio Gestão de ActivosAções UE, Suíça e Noruega 499 100 €
CA Acções EuropaCA GestAções UE, Suíça e Noruega 101 100 €
Caixagest Acções JapãoCaixagestAções: Outros fundos internacionais 91 700 €
BPI Euro Grandes CapitalizaçõesBPI Gestão de ActivosAções UE, Suíça e Noruega 72 000 €
Montepio Euro HealthCareMontepio Gestão de ActivosAções Sectoriais 54 500 €
Caixagest Acções EmergentesCaixagestAções: Outros fundos internacionais 43 900 €
BPI AméricaBPI Gestão de ActivosAções América do Norte 41 800 €
AR Médias Empresas PortugalInvest Gestão de ActivosAções nacionais 39 800 €
Millennium Mercados EmergentesMillennium Gestão de ActivosAções: Outros fundos internacionais 5 500 €
Fonte: APFIPP no final de setembro
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos