Tags: Negócio |

Captações Líquidas: o mês de outubro nos fundos flexíveis


O mês de outubro trouxe aos fundos mobiliários nacionais captações líquidas superiores a 97 milhões de euros. Os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – mostram que os fundos flexíveis foram responsáveis por cerca de10% do total das captações liquidas do mês, com mais de 9,5 milhões de euros.

Dos mais de 20 produtos que compõem o segmento dos fundos flexíveis, apenas oito conseguiram registar captações líquidas positivas. À cabeça surge o BPI Moderado da BPI Gestão de Activos. O fundo foi criado no pico do verão passado e registou, no mês passado, entradas líquidas superiores a 13 milhões de euros. Desde que foi lançado, já conseguiu subscrições líquidas superiores a 91 milhões de euros.

Seguem-se dois produtos da mesma entidade e que foram criados juntamente com o BPI Moderado: o BPI Dinâmico e o BPI Agressivo. O primeiro com captações líquidas de quase 1,5 milhões e o segundo com quase 130 mil euros. Para Eduardo Monteiro, Head of Discretionary Portfolio of high net worth individuals (HNWI) da BPI Gestão de Activos, “a vantagem primordial destes fundos reside precisamente na gestão flexível”, assinala, referindo que “em momentos em que o mercado sofra correções é possível alterar a estratégia do fundo e com isso tentar minimizar os impactos negativos que poderiam ocorrer”, explicou à Funds People.

50 mil: uma barreira não superada pelos restantes

Os outros produtos com saldo positivo em outubro, não conseguem superar a barreira dos 50 mil euros. Aquele que ficou mais perto foi o NB Brasil da GNB Gestão de Ativos que recebeu 49,4 mil euros. O fundo é gerido por Ricardo Santos e na ficha do produto, referente ao mês passado, indicavam que as “fortes performances do sector das Telecom, animado com a potencial consolidação do sector e a forte recuperação do sector da educação” ajudaram a rendibilidade do produto.

Com 44,7 mil euros de saldo entre subscrições e resgates figura o Banif Ibéria da Banif Gestão de Activos. Logo depois surge o CA Flexivel da responsabilidade da CA Gest e que registou captações líquidas na ordem dos 37,6 mil euros.

Finalmente, salientam-se mais dois produtos: desta feita geridos pela Optimize Investment Partners. São eles: o Optimize Europa Valor e o Optimize Investimento Activo. O primeiro recebeu 18 mil euros e o segundo arrecadou pouco mais de mil euros.

Captações líquidas nos fundos flexiveis

FundoGestoraOutubro
BPI ModeradoBPI Gestão de Activos13 987 800 €
BPI DinâmicoBPI Gestão de Activos1 487 200 €
BPI AgressivoBPI Gestão de Activos127 100 €
NB BrasilGNB Gestão de Ativos49 400 €
Banif IbériaBanif Gestão de Activos44 700 €
CA FlexívelCA Gest37 600 €
Optimize Europa ValorOptimize Investment Partners18 000 €
Optimize Investimento ActivoOptimize Investment Partners1 100 €
Fonte: APFIPP no final de outubro
Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos