Caixagest Acções Japão sobe ao topo


Onze semanas depois, a liderança do ranking semanal dos fundos com melhores rendibilidades nos últimos doze meses, elaborado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios volta a mudar de mãos. Foram praticamente três, os meses em que o fundo Montepio Euro Telcos, da Montepio Gestão de Activos liderou a tabela que engloba fundos mobiliários nacionais, excepto os Fundos Poupança Acções e os Fundos Poupança Reforma.

Na semana que terminou no passado dia 6 de novembro, a liderança desta tabela ia para o Caixagest Acções Japão. Gerido pela Caixagest o fundo volta à posição que ocupou durante algumas semanas no decorrer do primeiro semestre do ano. Nos últimos doze meses a sua rendibilidade é de 21,6% tendo um património de 18,6 milhões de euros. Entre os maiores investimentos em carteira destaca-se a parte financeira da Mitsubishi, além da Sony e da Yamaha. Este foi, também, o segundo produto com melhor performance no mês passado. O fundo tem aproveitado, da melhor maneira, a valorização do mercado nipónico, já que o MSCI Japan, no mesmo período e em euros, subiu 22,59%.

O anterior líder desceu uma posição e segue na vice-liderança com uma valorização no período de 20,4%, tendo mais de 7 milhões de euros em ativos sob gestão. O Montepio Euro Telcos investe em empresas de telecomunicações e tem, na sua carteira, investimentos nas maiores companhias europeias deste sector, como é o caso da Vodafone ou da Deutsche Telekom, entre outras.

O top 3 é fechado com o fundo mais rentável de outubro: o Caixagest Acções EUA. Sob responsabilidade da Caixagest o fundo regista um incremento de 20% nos últimos doze meses e é um dos maiores produtos de ações do mercado nacional. Com mais de 101 milhões de euros em património, encontramos em carteira cotadas como a Apple, a Allergan, a United Health, a Exxon Mobil e ainda a Alphabet.

Maior fundo de ações também está presente

O quarto produto mais rentável no período em análise é também gerido pela Caixagest e é o maior fundo de ações do mercado nacional. Trata-se do Caixagest Ações Líderes Globais. No último ano a sua valorização é de 16,6% e tem como maiores investimentos algumas das maiores empresas multinacionais, como é o caso da Alphabet, da Nike, da MacDonalds, da Nestle ou da L’Oreal. Destaque, também, por ser um fundo que registou sempre captações líquidas positivas ao longo de 2015, somando mais de 84 milhões de euros – nos primeiros nove meses do ano.

“Aproveitar o Tio Sam”

Além do Caixagest Acções EUA, encontramos mais dois produtos na lista que investem no outro lado do Atlântico Norte: o BPI América denominado em euros e ainda o Santander Acções América. O primeiro é gerido pela BPI Gestão de Activos e foi o fundo mais rentável de 2014. Nos últimos doze meses a sua rendibilidade é de 16,5%. Já o segundo está sob responsabilidade da Santander Asset Management e consegue uma subida de 15,9%.

Fundos de ações a dominarem

A lista dos dez fundos mais rentáveis nos doze meses anteriores ao dia 6 de novembro tem a principal característica de todos investirem em ações. Além dos já mencionados, existem mais quatro produtos que se destacam nesse período: o Popular Acções da Popular Gestão de Activos e ainda três produtos da Montepio Gestão de Activos: o Montepio Acções Europa, o Montepio Euro Healthcare e ainda o Montepio Euro Utilities.

A lista dos 10 fundos publicada pela Associação

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos