Tags: Negócio |

Caixagest: a entidade com maior volume de captações líquidas em 2015


Ao fim de oito meses decorridos no ano, as captações líquidas do mercado nacional de fundos de investimento mostram-se negativas, segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP.  Depois de um início do ano bastante auspicioso, os últimos meses revelam-se ‘negros’ para as captações líquidas, com o acumulado do ano a ser de -343 milhões de euros.

Ainda assim, das 17 entidades com dados publicados pela Associação, existem sete que conseguem ter saldo positivo nos primeiros oito meses do ano. A gestora que alcança o maior saldo entre subscrições e resgates é a Caixagest. De janeiro a agosto regista mais de 317 milhões de euros em captações líquidas, e para este valor em muito contribuiu o Caixagest Liquidez. O fundo é o maior do mercado nacional e também aquele que consegue registar o montante mais avultado de captações líquidas em 2015, com um saldo superior a 225 milhões de euros. Além deste, destaque também para o Caixagest Seleção Global e para o Caixagest Ações Líderes Globais. O primeiro com um saldo de 132 milhões, e o segundo com captações líquidas de 80 milhões de euros, o que faz deste fundo de ações o maior do mercado nacional, e o que mais captações líquidas registou no seu segmento.

Com 200 milhões de euros em captações líquidas, nos primeiros oito meses do ano, surge a BPI Gestão de Activos. É a segunda e a última entidade que supera os 100 milhões de euros no saldo entre subscrições e resgates. Na gestora, são três os fundos que têm ajudado a entidade a este nível: o BPI Liquidez, o BPI Reforma Segura PPR e ainda o BPI Moderado. O primeiro é o maior fundo de curto prazo do mercado nacional e consegue ter captações líquidas de 105 milhões de euros. Já o BPI Reforma Segura PPR atinge os 88 milhões, enquanto o recém-criado BPI Moderado supera os 61 milhões de euros, apenas com dois meses de existência.

A terceira entidade com maior volume de entradas líquidas de dinheiro é a Banif Gestão de Activos. Desde o início do ano, até ao final do mês passado o montante é superior a 39 milhões de euros, tendo ficado à frente do Popular Gestão de Activos com 24 milhões de euros. Com o mesmo valor destaque também para o Millennium Gestão de Activos.

A Optimize Investment Partners e a Patris Gestão de Activos são as restantes entidades com saldo positivo entre subscrições e resgates nos primeiros oito meses do ano.

Gestoras com captações líquidas positivas

Fonte: APFIPP no final de agosto

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos