Caixa Geral de Depósitos no lugar cimeiro na assessoria financeira em M&A


No segundo trimestre do ano a TTR (Transactional Track Record) documenta o registo de 60 transações que movimentaram 8.710 milhões de euros, entre operações anunciadas e concluídas. O Relatório Trimestral Ibérico agora divulgado relata que o número de operações com valor movimentado no segundo trimestre é superior ao do mesmo período de 2014, 2013 e 2012.

Entre janeiro e junho, por seu lado, o número de operações ascende a 112, e o montante movimentado chega aos 9.474 milhões de euros. Aqui mais um record é alcançado: o valor de movimentos em causa supera já o de todo ano de 2014.

Espanha continua com lugar de destaque no investimento em Portugal 

Espanha continua a ser um país ativo em termos de investimento em Portugal. Os dados da TTR indicam que no acumulado do ano, ao nível das aquisições realizadas por empresas estrangeiras em Portugal, as empresas espanholas são as mais ativas, registando no período 9 aquisições. O país vizinho deixa para trás os EUA, que desde o início do ano até agora concretizaram 8 aquisições em território nacional. Contudo, quando a comparação é feita ao nível dos montantes realizados por compradores estrangeiros, é o Luxemburgo que aparece em destaque, com o montante de investimento mais avultado, mais concretamente 5.802 milhões de anos. Os subsectores que estiveram em destaque a este nível foram os de imobiliário (seis transações), Financeiros e Seguros (5 transações), Distribuição e Retalho (3 transações), bem como a Tecnologia (3 transações).                               

Em sentido contrário, ao nível das aquisições portuguesas em solo estrangeiro destaca-se o grande interesse das empresas portuguesas pelo Brasil (5 transações), bem como por França (3 transações) e Espanha (2 transações).

No que toca ao âmbito do private equity, no acumulado do ano registaram-se 11 transações, que movimentaram 228,90 milhões de euros. No caso da área de venture capital, observaram-se 19 transações que movimentaram 19,50 milhões de euros.

CGD em destaque na assessoria financeira

Realçar também que entre janeiro e junho a Caixa Geral de Depósitos aparece em primeiro lugar ao nível das transações financeiras de M&A, tanto em número, como em termos de valor total das transações assessoradas. Segundo o que a entidade revela no relatório a entidade assessorou 3 transações num volume total de 964,80 milhões de euros.  Quando falamos de assessoria jurídica, em termos de número de transações em M&A, é a Garrigues que aparece no primeiro posto do ranking, ao passo que por valor total de transações assessoradas é a Cuatrecasas, Gonçalves Pereira que assume o primeiro posto.

Transação destacada

Como habitual a TTR destaca uma transação e, neste caso, fá-lo no  período do segundo trimestre. Realçam a aquisição realizada pela Winterfell Gestão de Investimentos de 65,40% do capital social da Efacec Power Solution que pertence à Efacec Capital. O valor da tansacção foi de 194,80 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos