Tags: Emergentes | Latam | Ações |

Brasil: Ibovespa caiu, mas fundos de ações “seguraram-se”


O mês de maio não foi o melhor para a bolsa de valores de São Paulo. Segundo o último Panorama ANBIMA, apesar do recuo de 0,75% do Ibovespa, o tipo Ações Livre, que concentra a maior parcela do Património Líquido da Categoria Ações, apresentou uma rentabilidade de 0,32% durante o quinto mês do ano.

O documento divulgado pela Associação revela ainda que os fundos de Ações Ibovespa Ativo também conseguiram valorizações no mês em questão, mais concretamente de 0,30%.

Resgate líquido a reduzir-se

Na restante indústria destaca-se que o bom desempenho de boa parte dos fundos, que se refletiu parcialmente no fluxo de recursos da indústria, que continuou a registar resgates líquidos de 64 mil milhões de reais, mas inferior àquilo que foi registado em abril (11,5 mil milhões de reais). A contribuir para o resultado negativo esteve a saída líquida no valor de 5,4 mil milhões de reais de um único fundo da categoria FIDC pertencente ao segmento Corporate, mas não só. A pesar no resultado negativo estiveram ainda resgates líquidos nas categorias de Renda Fixa, Ações e Multimercados. 

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos