Tags: Emergentes | Latam |

Brasil: Fundos de renda fixa índices lideram ganhos em 2014


O passado mês de abril foi positivo para as rentabilidades dos fundos do mercado brasileiro, como já lhe demos conta aqui.  No último Panorama  divulgado pela ANBIMA, é traçada agora também uma perspetiva sobre os tipos de fundos que ao longo de 2014 estão a conseguir um comportamento mais favorável.

No documento pode ler-se que os fundos curto prazo e DI têm conseguido aumentar a sua rentabilidade acumulada ao longo do novo ano, mas também nos últimos 12 meses, espaço de tempo em que o retorno de ambos os tipos de fundos ronda os 9%.

Ainda assim são os fundos de renda fixa índices quem saem  “vencedores” nas rentabilidades de 2014, com um ganho acumulado de 4,4%. A Associação indica que “com o ingresso de recursos estrangeiros e a continuidade de valorização dos ativos do segmento renda fixa os fundos apresentaram resultados favoráveis em abril e lideram com isso os ganhos da indústria no ano”.

Rentabilidades não acompanham captações

Apesar das rentabilidades na indústria terem sido positivas, o mesmo cenário “generoso” não aconteceu nas captações líquidas no mês. Dentro das categorias com património líquido mais representativo estiveram apenas o referenciado DI  e a previdência. Se estendermos a análise para os meses de 2014, a captação líquida apresenta-se favorável também para os fundos curto prazo. 

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos