Tags: Emergentes | Latam |

Brasil: BDMG foca-se no investimento em fundos de participações


Depois de lhe termos noticiado o lançamento do fundo Criatec 3 pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES), hoje damos-lhe conta do investimento feito no produto pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

A instituição irá investir 10 milhões de reais no Criatec 3, o que reforça a estratégia do BDMG em querer investir em fundos de investimento em participações (FIPs) que tenham como universo de investimento empresas do segmento de tecnologia da informação, reservando, segundo a publicação brasileira Investidor Institucional, 60 milhões destinados ao investimento nestes fundos.

Com esta nova aplicação de dinheiro no Criatec 3, a carteira atual do Banco totaliza seis FIPs e 43,75 milhões de reais em valores comprometidos.

em julho o BDMG tinha aplicado 6,25 milhões de reais no AvanTI, que é gerido pela Confrapar em conjunto com a francesa Truffle Capital. O Banco investe ainda nos fundos AvanTI, HorizonTI, Brasil Sustentabilidade, DLM Brasil TI, Criatec 2. 

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos