Tags: Emergentes | Latam |

Bradesco é o vencedor das captações no mercado brasileiro


Em setembro, os fundos de investimento domiciliados no Brasil tiveram uma captação líquida negativa de 8,7 mil milhões de reais. Já desde do início do ano, o valor está positivo em 41 mil milhões de reais que se transformam em 52 mil milhões de reais nos últimos doze meses.

Bradesco domina em setembro

No último mês do terceiro trimestre, foi o Bradesco que conseguiu a maior captação liquida em fundos de investimento, no Brasil com 2,8 mil milhões de reais.

Em segundo lugar aparece o Banco Safra com 2 mil milhões de reais e em terceiro vem o Banco do Brasil com 1,9 mil milhões de reais. Essas foram as três instituições que ultrapassaram a barreira dos mil milhões.

Quem mais perdeu

Do outro lado, foi o Santander Brasil que mais captações líquidas negativas teve no período atingindo 2,3 mil milhões de reais. Logo depois aparece a GAP Gestora de Recursos com saída líquida de 1,7 mil milhões e a fechar o pódio vem a Votorantin Asset com1,2 mil milhões de reais.

Banco do Brasil vence desde janeiro

Desde do início do ano é o Banco do Brasil aquele que mais conseguiu captar, em termos líquidos, ultrapassando os 17 mil milhões de reais. Em segundo lugar vem a Caixa com 11 mil milhões de reais e a fechar o pódio vem o Itau com mais de 5 mil milhões de reais.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1 3
Anterior 1 3

Próximos eventos