Tags: Negócio |

BPI Gestão de Activos terminou 2014 acima dos 10 mil milhões de euros


O Banco BPI já tornou público o seu Relatório & Contas, referente ao ano passado. De acordo com a publicação, a BPI Gestão de Activos fechou 2014 com 10.001 milhões de euros em ativos sob gestão, o que representa um aumento de 26,5% face ao final de 2013. Com este crescimento, a entidade atingiu uma quota de mercado de 16,6% nos fundos mobiliários e de 14,4% nos fundos de pensões. Já nos seguros vida a BPI Gestão de Activos representa 21% do mercado.

Para estas contas, foram somados os ativos sob gestão dos fundos mobiliários, imobiliários e dos fundos de pensões. Além destes, também se incluíram os seguros de capitalização e os ativos sob gestão dos clientes. De realçar que os valores foram ajustados pela eliminação de duplicações.

O maior crescimento aconteceu nos seguros de capitalização, que passaram de 3.364 para quase 5.300 milhões de euros, representando assim um aumento superior a 57%. Já os fundos de investimento mobiliário tinham, no final de 2014, mais 6,7% em património, cifrando-se em 2.285 milhões de euros, enquanto os fundos de pensões cresceram 5,9% para 2.249 milhões de euros. Os fundos imobiliários sofreram um decréscimo de 7,5% para 178 milhões de euros.

Maior crescimento nos fundos de ações

Os fundos de ações da entidade foram os que mais cresceram em 2014, face ao ano anterior. Segundo o Relatório, o crescimento foi de 32% para 536 milhões de euros. Já os fundos de obrigações e tesouraria, tal como os PPR e PPA subiram 1%, para 872 e 678 milhões de euros, respetivamente. Este aumento nos fundos de ações é justificado pelo “crescimento acentuado tanto dos fundos BPI Ibéria (doméstico e Luxemburgo), como do BPI Alternative Fund (Luxemburgo)”, pode ler-se no documento oficial.

Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos