BPI América – o “Reinado” já dura há 16 semanas


O BPI América - Categoria D foi o vencedor destacado em termos de rentabilidades em 2014, ano em que a bolsa americana deu mostras da sua boa forma.

O fundo cotado em euros a cargo da BPI Gestão de Activos e gerido por José Caras-Altas Badalo, continua, ainda assim, a dar nas vistas nas semanas já decorridas de 2015. O produto é o mais rentável entre os restantes fundos mobiliários nacionais, nos últimos 12 meses, e o feito é conseguido há 16 semanas consecutivas, ocupando a “cadeira” de mais rentável desde a semana de 5 de dezembro de 2014.

Nas últimas informações disponibilizadas pela APFIPP (Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios), referentes ao final da semana de 27 de março, o fundo aparece como líder nas 10 melhores rendibilidades dos fundos mobiliários nacionais no último ano, alcançando um retorno de 38,4%.

Frise-se que o responsável pelo fundo na oitava edição da revista Funds People Portugal realçava que a distância em relação ao universo de investimento não constitui um problema. “O facto de estarmos fisicamente afastados do mercado onde investimos não é encarado como uma desvantagem, já que nos levou a seguir uma abordagem menos convencional na gestão da carteira”, explicava o especialista, dizendo que a base de trabalho na gestão do fundo são “as estimativas de analistas que acompanham as empresas localmente”.

Mais América

Do ranking revelado pela APFIPP importa salientar que na semana de 27 de março os três lugares seguintes são ocupados por fundos que investem igualmente do outro lado do Atlântico. São eles o Caixagest Acções EUA, da Caixagest, com 32,9% de retorno anualizado, o Millennium Acções América, da Millennium Gestão de Activos, com ganhos de 32% e o Santander Acções América, da Santander Asset Management, que no período consegue 31,1% de rentabilidade.

Ásia com lugar marcado

Outra das geografias em destaque é a Ásia. No ranking dos 10 fundos mobiliários com melhores resultados nos últimos 12 meses, são identificados três produtos que investem região. Na semana de 27 de março, no quinto lugar da lista figura o Caixagest Ações Japão, com 30,6% de retorno, enquanto na oitava e décima posição encontramos os fundos BPI Ásia Pacífico, com 27,4% de ganhos e o Banif Ásia, da Banif Gestão de Activos, com 25,8% de retorno.

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos