Bolsas europeias voltaram a estar na ‘berra’ em setembro


Nos nove primeiros meses de  2015 os investidores das plataformas nacionais que distribuem fundos de investimento estrangeiros têm optado por se “mover” ao sabor dos acontecimentos de um ano que se tem caraterizado por eventos distintos. Em setembro, por seu turno, os investidores do BiG, Banco Best, ActivoBank e da plataforma de fundos do Banco Investvoltaram a privilegiar fortemente os fundos de ações. Do total da lista de produtos subscritos somam-se 16 fundos de ações distintos entre as preferências dos investidores, sendo uma a nuance que salta imediatamente à vista na análise destes produtos: grande parte tem na Europa o seu destino de investimento.

Na verdade são sete os fundos de ações a investir nesta componente geográfica, e que marcaram presença na lista de fundos mas subscritos das entidades, comparativamente, por exemplo, com os 3 de enfoque global.

Fundos europeus que olham para as grandes empresas...

Olhando para esses sete produtos que se direcionam para as bolsas do velho continente, denota-se que a diversidade é ponto assente. Três dos exemplares focam-se nas grandes capitalizadas da Europa mas, ainda, assim com abordagens distintas. O MFS® Meridian Funds European Value Fund A1 EUR Acc, gerido pela MFS Investment Management, por exemplo, concentra-se em empresas de grande capitalização mas com um estilo misto, segundo o que mostra online a Morningstar, no seu site. Na carteira deste fundo os títulos de consumo defensivo pode dizer-se que são os “preferidos” dos responsáveis pela gestão, já que perfazem mais de 30% do portfólio. As cinco maiores posições – todas pertencentes a este sector – reúnem nomes de conhecidas empresas como a Nestle, a Reckitt Benckiser, a Danone, a Heineken e a Henkel. 

As empresas de grande capitalização dos restantes dois fundos são claramente outras. No já “famoso” UBS (Lux) Equity SICAV - European Opportunity Unconstrained (EUR) P-acc, gerido pela UBS Global AM, as empresas de grande capitalização em carteira inserem-se num estilo crescimento. O produto a cargo de Maximilian Anderl aposta mais no sector da saúde, segundo o portal da Morningstar, tendo em carteira uma presença de  21,95% de investimento nas empresas desta área. O Schroder ISF Euro Equity B, a cargo da Schroders, é também ele um habitué nestas andanças do top de fundos mais subscritos, a cada  mês. Ora o fundo da casa britânica, tal como o antecessor, também opta pelas empresas de grande capitalização com um estilo ‘crescimento’, muito embora os nomes em carteira sejam outros. Neste caso a equipa gestora dá maior enfâse aos serviços financeiros, muito embora a maior posição em carteira seja a farmacêutica Sanofi. Nas restantes posições do top 5 figuram as financeiras Intesa Sanpaolo e Société Générale, a tecnológica SAP SE e, por último, o banco belga KBC Group SA/NV.

... e para as de média capitalização

Ainda no campo da Europa, destaque para dois exemplares que volta e meia regressam à lista de preferidos, e que investem em empresas de média capitalização: falamos do Parvest Equity Europe Small Cap N, gerido pela BNP Paribas Investment Partners e do BNY Mellon Small Cap Euroland Fund A, a cargo da BNY Mellon AM. Em ambas as carteiras o consumo cíclico é a grande “estrela” compondo, no caso do produto da BNP Paribas, 25,95% dos investimentos, enquanto no produto da BNY Mellon estas empresas ocupam quase 20% do portfólio.

Volta ao mundo foi menos evidente em setembro

Como já referido a amostra de fundos que investem nas bolsas em termos globais reduziu-se no nono mês de análise, muito embora haja três exemplares deste universo que deram um ar da sua graça no mês. São eles: Fidelity Funds - Global Dividend Fund, gerido pela Fidelity Worldwide Investment, Invesco Funds - Invesco Global Structured Equity Fund E, a cargo da Invesco AM e, por fim, o Pictet-Security R EUR, gerido pela Pictet Asset Management.

O tema da saúde também não passou despercebido no mês. Da lista de fundos de ações em destaque no período há dois produtos “dedicados” a esta temática, que também costumam ser contemplados nas preferências dos investidores noutras alturas. O BlackRock Global Funds - World Healthscience Fund Class E2 EUR, da BlackRock,  e o Pictet-Health R EUR, da Pictet AM, embora tenham o mesmo enfoque sectorial são dois fundos que atualmente têm carteiras bem distintas. No caso do produto da maior gestora do mundo, o portfólio apresenta um maior enfoque na região norte-americana, onde investem mais de 75% dos ativos, ao passo que o ‘peer’ aposta pouco mais de 35% na região. As diferenças entre fundos materializam-se ainda mais quando olhamos para as cinco maiores posições de cada carteira, já que nenhuma empresa é “partilhada”. 

Fundos de ações mais subscritos nas plataformas em setembro (por ordem alfabética)

AçõesGestora Região/Sector
BlackRock Global Funds - World Healthscience Fund Class E2 EURBlackRock Saúde
BNY Mellon Small Cap Euroland Fund ABNY Mellon AM Europa 
Fidelity Funds - Global Dividend FundFidelity Worldwide InvestmentGlobal
Franklin Biotechnology Discovery N Acc $Franklin Templeton InvestmentsBiotecnologia 
Invesco Funds - Invesco Global Structured Equity Fund EInvesco AM Global 
Legg Mason ClearBridge US Aggressive Growth Fund Class A EUR AccLegg Mason Global AM EUA 
MFS® Meridian Funds - European Smaller Companies Fund Class A1 EUR AccMFS Investment ManagementEuropa 
MFS® Meridian Funds European Value Fund A1 EUR AccMFS Investment ManagementEuropa
Mirabaud Equities Spain A EUR
Mirabaud AM Espanha 
Parvest Equity Europe Small Cap N
BNP Paribas Investment PartnersEuropa 
Pictet Japanese Equity Selection Hr EurPictet Asset ManagementJapão
Pictet-Health R EURPictet Asset ManagementSaúde
Pictet-Security R EURPictet Asset ManagementGlobal
Schroder ISF Euro Equity BSchrodersEuropa
Threadneedle IF Pan Europ Smaller Comp FThreadneedle Investment ServicesEuropa
UBS (Lux) Equity SICAV - European Opportunity Unconstrained (EUR) P-accUBS Global AM Europa
Fonte: Informação cedida pelo BiG, Banco Best, ActivoBank e Banco Invest
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos