Tags: Negócio |

BNP Paribas continua a reforçar estratégia de crescimento em Lisboa


O BNP Paribas Securities Services, unidade do grupo BNP Paribas, especializado na custódia e liquidação de títulos, acaba de anunciar que vai contratar 125 colaboradores até ao final do ano, contando atualmente com 1000 profissionais.

“O objectivo do BNP Paribas Securities Services é continuar a crescer em Lisboa”, afirma Fabrice Segui, diretor-geral da instituição em Portugal. Acrescenta ainda que “o crescimento tem sido sustentado; em 2012, a nossa expectativa apontava para a criação de 200 postos de trabalho num horizonte de dois anos e este número já foi ultrapassado. Em 2013, contratámos 136 colaboradores e este ano contamos recrutar mais 125”.

Alargamento de serviços

O crescimento desta unidade em Portugal e a consequente necessidade de recursos humanos está assente no alargamento de alguns serviços aos Estados Unidos da América e na criação de posições que colaboram com departamentos centrais, como marketing e comunicação, monitorização do risco de crédito e recursos humanos.

Em paralelo, toda a atividade de faturação dos serviços prestados aos clientes – Business Revenue, está também a ser concentrada em Lisboa. No comunicado divulgado pela entidade pode ler-se que “o objectivo é consolidar, em Lisboa, o centro de faturação para todos os países onde o BNP Paribas Securities Services está presente”. No mesmo documento é ainda referido que “o crescimento da atividade a partir dos escritórios de Lisboa justifica também a evolução dos valores de exportação de serviços alcançados em 2013”. No ano passado, o BNP Paribas Securities Services Portugal exportou serviços no valor de 29 milhões de euros e prevê que esse valor aumente para 36 milhões de euros em 2014.

Recorde-se que o BNP Paribas Securities Services abriu em 2008 o centro operacional em Lisboa com cinco colaboradores e, em apenas seis anos, este número aumentou para 1000. A unidade do Grupo BNP Paribas trabalha com os diversos players que integram o ciclo do investimento, tais como fundos de pensões, companhias de seguros, gestoras de ativos, distribuidores de fundos, bancos de investimento, bancos e emitentes.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos