Tags: Negócio | Movimentos |

BMO Global AM completa a sua equipa de vendas para Ibéria


A BMO Global Asset  Management acaba de completar a sua equipa comercial para Portugal e Espanha com a contratação de Rogério Arndt para o seu departamento de vendas. Arndt estava anteriormente na Pioneer Investments, onde desde agosto de 2013 era responsável de desenvolvimento de relações comerciais com as consultoras financeiras, cogerindo algumas contas de clientes com outro diretor de vendas, função que implicava reuniões com clientes, fazer acompanhamento e propor ideias de investimento. Conta com três anos de experiência na indústria de investimento. Antes de executar funções na Pioneer Investments, trabalhou na Amundi, onde dava suporte à equipa de gestão. É licenciado em Ciências Económicas com  especialização em Finanças pela Universidade de Surrey (Inglaterra).

Arendt incorporar-se-á no próximo dia 19 de outubro na BMO Global Asset Management, entidade que no passado mês de setembro anunciava a sua chegada a Espanha com a contratação de Luis Martín - até então diretor de Vendas retail e institucional da BlackRock para Ibéria - como novo diretor de vendas para Ibéria. BMO Global AM é a gestora do Bank of Montreal, empresa com mais de 200 anos de história e 47.000 colaboradores. Em 2014 foi o ano da entidade comprar a F&C Investments. Com esta aquisição aproveitou sinergias e converteu-se numa entidade com 244.000 milhões de dólares em ativos sob gestão. Agora o objetivo ao qual se propõe é crescer na Europa, onde procuram converter-se num ator importante. Para além de Madrid, abriram escritórios em Estocolmo e existem ainda planos para fazê-lo em Itália. Também reforçaram equipas na Alemanha e na Suíça. Hoje contam com 24 escritórios em 14 países.

No que toca à F&C, na gestão ativa são mais fortes em ações europeias, em convertíveis e em investimentos socialmente responsáveis, onde dispõem de uma gama de produto ISR muito relevante. Também sobressaem as suas estratégias de gestão alternativa com liquidez diária (ações flexíveis, mistos flexíveis, long short). Para além da F&C, a BMO Global Asset Management conta com outras boutiques especializadas: a BMO Real Estate Partners, LGM Investments, Monegy, Pyrford International, Taplin y Canida & Habacht. Destas as mais relevantes são a LGM Investments e a Pyrford International. A primeira porque é uma boutique especializada em mercados emergentes (têm produtos globais de mercados fronteira), produtos que se têm destacado pela sua consistência; a segunda porque conta com uma estratégia de retorno absoluto com mais de 20 anos de track record que, desde 1994, apenas teve um ano negativo. 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos