BlackRock, BNY Mellon e Schroders predominam nos fundos de fundos portugueses


A tendência seguida pelas sociedades gestoras portuguesas na selecção de fundos estrangeiros para as carteiras dos fundos de fundos é aproximada, sendo as classes de activos mais comum os fundos de dívida soberana ou 'corporate', fundos focados em distintas regiões do globo como EUA, mercados emergentes, Asia, tanto no âmbito obrigaccionista como accionista.

As gestoras internacionais que mais vezes se repetem nas carteiras dos fundos de fundos são a BlackRock com fundos diversificados como BlackRock Euro Government Bond, o BGF Euro-Markets A2, o BlackRock Inst Euro Liquidity ou o BGF European Focus. Nomes como o BlackRock Emerging Markets e o US Flexible constam também nas carteiras dos fundos de fundos de algumas sociedades gestoras. Os fundos da BNY Mellon têm também um peso significativo nas carteiras dos fundos de fundos onde se surgem fundos como o BNY Mellon Global Bond C, o BNY Mellon Asian Equity, BNY Mellon Equity I ou Newton Continental European. Da Schroders, outra sociedade gestora de destaque nas carteiras deste tipo de produto, constam fundos como o Schroders ISF Euro Corporate Bond, o Schroder ISF UK Equity, o Schroder ISF Euro Government Bond ou o Schroder ISF Emerging Markets Debt Absolut Return.

Fidelity, Pictet e o HSBC são outras gestoras internacionais, cujos nomes aparecem nas carteiras deste tipo de fundos, destacando-se fundos como o Fidelity Euro Bond, Pictet Euro Bond, HSBC GIF Glbl Emerging Markets.

Salienta-se que os fundos de fundos geridos pelo Barclays Wealth and Investment (Portugal) não apresentam, directamente, nas carteiras, fundos de entidades terceiras, pese embora apresentem fundos Barclays tipo 'MultiManager', ou seja, fundos cujo património é dado por mandato de gestão a diferentes gestores de activos de várias casas internacionais de acordo com a política de investimento que seguem. Estes mandatos são monitorizados, a fim de darem a melhor rendibilidade possível, por uma equipa especializada do Barclays Wealth and Investment.

Todos os 17 fundos de fundos mobiliários geridos por diversas entidades - Barclays, BPI, Caixagest, Millennium, Montepio, Popular e CA Gest - subscrevem, para além de unidades de participação de fundos de terceiros, unidades de participação de outros fundos da própria casa de acordo com as respectivas políticas de investimento. O BPI Selecção é, neste sentido, o único fundo de fundos da própria BPI Gestão de Activos.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos