Tags: Obrigações | Ações | Europa | EUA |

BCE será o protagonista da semana


Esta segunda-feira, último dia do mês de março, apresentam-se novidades em vários mercados. Ao nível da zona euro, é conhecido o índice de preços no consumidor no mês de março. Nos EUA destaque para o discurso da presidente da Fed, Janet Yellen. No Reino Unido é conhecido o consumo de crédito em fevereiro, e ainda as aprovações de  pedidos de hipotecas.

Dia 1 de abril, terça-feira, o dia começa com novidades para a Alemanha. O país fica a saber quais as mudanças no número de desempregados do país no mês de março, e também o PMI de manufactura no mesmo mês.  Indicadores idênticos são conhecidos também ao nível da zona euro, já que se sabem informações acerca do PMI de manufactura, mas também informações acerca da taxa de desemprego no mês de fevereiro.

A meio da semana, quarta-feira, é dia da zona euro estar sob a mira dos investidores. Realiza-se um encontro do Ecofin, mas também são revelados dados sobre o PIB no quarto trimestre do ano. Neste mesmo dia, destaque também para o balanço sobre o investimento estrangeiro nas bolsa japonesa.

Dia 3 de abril, quinta-feira, volta a ser um dia importante para a zona euro. O BCE reúne-se com vista a descortinar o processo de deflação, mas também para dar novidades acerca da taxa de juro. O organismo publica também informações relacionadas com estatísticas dos fundos de pensões.

A terminar a semana, sexta-feira é dia de serem conhecidas informações importantes nos EUA. São revelados dados acerca dos “nonfarm payrolls”, emitidos pelo departamento do trabalho americano, que dá conta das folhas de pagamento de todas as empresas não agrícolas.

Nos leilões de dívida, segunda- feira é dia dos EUA irem aos mercados financiar-se. Quarta-feira, é a vez do Reino Unido, enquanto Espanha e França vão aos mercados na quinta-feira.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos