Tags: Emergentes | Latam |

BB DTVM lança novas alternativas de fundos para previdência social


Para Carlos Takahashi Massaru, Presidente da BBDTVM, a trajetória de subida da taxa Selic, em conjunto com um cenário de inflação elevada, tem feito com que os  regimes próprios de previdência social voltem a olhar para os títulos públicos como uma boa opção para atingir metas atuariais durante este ano.

Os resultados de grande parte dos RPPS (Regimes Próprios de Previdência Social) foram prejudicados no ano passado. “Nos últimos três meses a procura por renda fixa (obrigações) tem sido muito forte, especialmente porque as taxas cresceram bastante”, diz Carlos Massaru.

Quatro fundos pautados na NTN-B

De acordo com o Presidente da BB DTVM, a procura por prazos de vencimento menores também cresceu. Por causa disso, a gestora lançou este ano uma família de fundos de condomínio aberto para o Regime Próprio de Previdência Social, que sejam pautados na NTN-B. Até ao momento já foram lançados quatro fundos.

Três deles possuem parâmetro de remuneração pela inflação (IPCA) mais 6%, e outro possui como parâmetro o IDKA IPCA 3 A, índice Anbima que mede o comportamento de carteiras sintéticas de títulos públicos federais com um prazo constante. 

Profissionais

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos