Tags: Negócio |

Bankinter compra negócio de Retail & Wealth do Barclays Portugal


O banco espanhol Bankinter acaba de anunciar a compra do Barclays em Portugal. Segundo o que o Regulador espanhol indica o Bankinter “concluiu hoje com o Barclays Bank PLC a operação de aquisição do seu negócio de Retail & Wealth Portugal, que inclui os segmentos de banca de retalho, banca privada e banca de empresas que a entidade britânica gere em Portugal”.

Segundo o acordo de compra assinado hoje, a entidade espanhola pagará um múltiplo de 0,4x do valor escriturado do negócio efetivamente transacionado, o que equivale a um preço aproximado de 100 milhões de euros.

Em números redondos, o negócio de retalho do Barclays Portugal integra uma carteira de créditos de 4.881 milhões de euros, 2.936 milhões de euros em ativos geridos em contas extrapatrimoniais, uma rede de 84 balcões, uma equipa de 1.000 colaboradores e 185.000 clientes, dos quais 20.300 são empresas.A operação ainda está sujeita à obtenção das devidas autorizações dos organismos competentes e entidades reguladoras.

Realça-se que a operação exclui a compra do negócio da banca de investimento e cartões, bem como um pequeno número de clientes corporativos da entidade, que continuarão a ser geridos pelo Barclays.

Aquisição também de negócio de Seguros vida e Pensões

Destaca-se também que a Bankinter Seguros de Vida, empresa controlada em 50% pelo Bankinter e pela Mapfre, “acordou com o Barclays a aquisição do seu negócio de seguros de vida e pensões em Portugal (Barclays Vida y Pensiones), por um valor estimado de 75 milhões de euros”, pode ler-se no mesmo documento.

Pé fora de Espanha

Esta aquisição em território nacional é um salto qualitativo para a instituição espanhola, que “embora continuando a privilegiar o crescimento orgânico em Espanha, vai agora estender a sua presença física, o volume de negócios, a base de clientes e o âmbito de atuação a outro país da União Europeia”. A CEO do Bankinter reforça “que a solvência e a boa reputação alcançadas pelo Bankinter ao longo de todos estes anos, e que ultrapassam o âmbito europeu, serão uma grande ajuda para aumentarmos o volume de negócio e o número de clientes em Portugal.”

A aquisição do Barclays Retail & Wealth Portugal representa mesmo a operação corporativa mais importante realizada pelo Bankinter na sua estratégia de internacionalização em 50 anos de história. 

Posicionamento em Espanha

O Bankinter formou-se em 1965, na sua génese como um banco industrial, pertencendo 50% ao Banco Santander e a outra metade ao Bank of America. Em 1972 entra na bolsa de Madrid, e torna-se num banco independente dos fundadores, transformando-se num banco comercial. O Banco liderado por Maria Dolores Dancausa fechou o primeiro semestre de 2015 com 4.276 colaboradores, mais 3,31% do que em junho de 2014.

As operações do Barclays que permanecem

Segundo as informações divulgadas pelo Barclays, em Portugal vão manter-se “os negócios do Barclaycard (cartões de crédito), do Barclays Investment Banking (banca de investimento) e de Clientes Corporate Multinacionais (clientes multinacionais de banca para empresas)”, áreas que não estão incluídas na venda à entidade espanhola.

Restruturações das operações na Europa do Sul referidas há um ano atrás

Recordamos-lhe que em maio de 2014 a Funds People noticiava quais as intenções de Anthony Jenkins, presidente-executivo do Barclays que frisava quais as áreas core de negócio do grupo. Explicava que “os ativos non-core da entidade, que "não são estrategicamente importantes para o banco no atual contexto", tomarão outro rumo por "não oferecerem retornos ajustados numa escala efetiva, no médio prazo".  

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos