Tags: Negócio | Europa |

Ativos sob gestão em Portugal perfazem 40% do PIB nacional


O sétimo relatório anual da Associação Europeia de Fundos e Gestão de Ativos Europeia (EFAMA), com dados acerca da Europa, faz a “fotografia” da indústria de gestão de ativos no final de 2012. Com base nas respostas das várias associações que integram a EFAMA, a entidade começa por referir que 2012 foi “um bom ano para a indústria de gestão de ativos europeia, com os ativos geridos a crescerem cerca de 11,4% até aos 15,4 biliões de euros”.

Analisando a informação agora divulgada, denota-se que Portugal continuava há dois anos na cauda da tabela no que diz respeito aos ativos sob gestão. No final de 2012, o nosso país tinha 66 mil milhões de euros em ativos sob gestão, o que configura uma queda de 6% face ao valor de 2011.

Com a indústria de gestão de ativos portuguesa a representar 40% do PIB nacional, Portugal conseguia ainda assim posicionar-se à frente de países como a Hungria, Turquia ou Grécia. A título de exemplo pode referir-se que a indústria de gestão húngara  – logo abaixo de Portugal no ranking, com 21 milhões de euros sob gestão – representava apenas 22% do PIB do país.

Com 0,43% de quota de mercado na Europa, no ranking elaborado pela EFAMA, o  nosso país ficou atrás da Áustria, Bélgica, Holanda, Itália, Alemanha, França e Reino Unido. A indústria inglesa ocupava o lugar cimeiro, com 5,4 biliões de ativos sob gestão, o que representava 35% do Produto Interno Bruto inglês. 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos