Tags: Pensões |

Ativos sob gestão dos fundos de pensões abertos cresceram 11,5% em 2013


Os ativos sob gestão dos fundos de pensões cresceram nos últimos dois trimestres do ano passado, sendo que o valor mais elevado foi alcançado no final de 2013. Segundo os últimos dados do Instituto de Seguros de Portugal, em dezembro do ano passado existiam 15,1 mil milhões de euros sob gestão nos fundos de pensões. Comparando com o mesmo período de 2012, este valor representa um acréscimo de 4,7% nos ativos geridos destes produtos.

No ano passado, o maior incremento na soma dos ativos sob gestão aconteceu do terceiro trimestre para o quarto. Se no final de setembro os fundos de pensões somavam 14,5 mil milhões de euros, em dezembro esse valor tinham subido até aos 15,1 mil milhões.  O grande contributo neste sentido foi dado pelos fundos fechados, que nos três meses em questão viram os seus ativos crescerem quase 4%, para os 13,7 mil milhões de euros.

Abertos fecham o ano com 1,4 mil milhões

O desempenho mais assinalável ao longo de 2013 foi registado pelos fundos abertos, cujos montantes geridos cresceram 11,5% no ano. Com um crescimento sustentado ao longo de cada trimestre, estes produtos fecharam o ano passado com 1,4 mil milhões de euros sob gestão.

O aumento registado deveu-se principalmente ao desempenho dos PPR e dos ‘outros abertos’. Com 367 milhões de euros sob gestão no fim do ano passado, os PPR viram o seu património crescer 3,2% em 2013. No caso dos ‘outros abertos’ o crescimento foi ainda maior: começaram 2013 com 915 milhões de euros, e acabaram o ano com mil milhões de euros sob gestão. 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos