Ativos sob gestão das gestoras mobiliárias crescem 2,28% em outubro


De acordo com a página na internet da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – no final do mês passado as gestoras mobiliárias associadas registavam mais de 11.335 milhões de euros em ativos sob gestão, o que face ao mês anterior representa um incremento de 2,28%, ou seja, mais 252 milhões de euros.

Se compararmos com o final do ano passado a tendência é diferente. Nos dez primeiros meses de 2015 o património diminuiu 245 milhões de euros, o que em termos percentuais representa uma quebra de 2,12%.

Olhando para as entidades que compõem o mercado nacional, ficou tudo na mesma. A Caixagest continua a liderar – com larga vantagem – o mercado nacional ao totalizar quase 4.150 milhões de euros em património. Com mais de 2 mil milhões de euros surge apenas mais um entidade. Trata-se da BPI Gestão de Activos que no final do mês passado geria 2.283 milhões de euros.

“Classificação” idêntica ao final de 2015

Vamos a meio do penúltimo mês do ano e existem poucas diferenças entre o final do ano passado e o último dia de outubro. Além das duas entidades já mencionadas, existem mais duas que conseguem ter um património sob gestão superior a mil milhões de euros: a Santander Asset Management e ainda a Millennium Gestão de Activos. A primeira no final de outubro geria 1.572 milhões de euros enquanto a segunda fixava o seu património em 1.485 milhões de euros.

Estas duas entidades, juntamente com a Caixagest e a BPI Gestão de Activos representam uma quota de mercado superior a 83%.

Quem cresceu mais em outubro?

Das 17 entidades que estão associadas à APIFPP e que representam mais de 99,9% do mercado nacional, a BPI Gestão de Activos foi aquela que mais cresceu em termos monetários no mês passado. O crescimento situou-se em 138 milhões de euros o que em termos percentuais representa um incremento de quase 6,5%.

Já o maior aumento percentual aconteceu na Invest Gestão de Activos, que viu o seu património crescer 10,3% para 13,5 milhões de euros. Acima de um crescimento de 10% ainda houve uma outra entidade: a Patris Gestão de Activos aumentou os seus ativos sob gestão em 10,04% para 11,5 milhões de euros.

As entidades gestoras no final de outubro

Ativos sob gestão e quota de mercado

Fonte: APFIPP no final do mês de outubro
Empresas

Próximos eventos