Tags: Obrigações | Ações |

Ativos sob gestão: BPI Gestão de Ativos foi quem mais cresceu em 2015


Adeus 2015, Olá 2016! O ano chegou ao fim e é hora de se fazer o balanço das entidades que mais ativos gerem no final de 2015. No final do ano passado os ativos sob gestão das entidades associadas à Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – atingiam mais de 11.937 milhões de euros, o que face ao final de 2014 evidencia um crescimento de 3,08%.

Das entidades associadas na APFIPP, apenas sete conseguiram aumentar os seus ativos sob gestão no decorrer do ano passado, com o maior destaque a ir para a BPI Gestão de Ativos. Foi esta a gestora que conseguiu o maior aumento do mercado nacional, tanto em termos percentuais como em termos monetários. Entre o final de 2014 e o final de 2015 o aumento foi superior a 46% para mais de 2.791 milhões de euros de ativos sob gestão, o que em termos monetário se traduziu num incremento de 883 milhões de euros. Não podemos esquecer que os ativos sob gestão podem aumentar por duas vias: através da valorização dos ativos ou pelas captações líquidas dos produtos. Sobre a variável das captações líquidas, a BPI Gestão de Ativos foi a entidade que mais valor captou nos primeiros onze meses do ano – últimos dados disponíveis da APFIPP – ao ter um saldo positivo de 625 milhões de euros.

A segunda entidade que mais cresceu, em termos percentuais, foi a Optimize Investment Partners que viu o seu património crescer mais de 35% para os 74 milhões de euros, o que equivale a um aumento de 19,6 milhões de euros. Destaque, ainda, para a Invest Gestão de Activos que viu os seus ativos sob gestão crescerem mais de 20% para 13,8 milhões de euros.

Relativamente ao segundo maior aumento monetário em 2015, este ocorreu na Caixagest. Nos doze meses do ano o seu património cresceu 523 milhões para mais de 4.185 milhões de euros, o que fez com que a entidade consolidasse ainda mais a sua posição de liderança entre as entidades que mais montante gerem em fundos de investimento mobiliários. Com um crescimento superior a 100 milhões de euros ainda surge mais uma entidade. Trata-se da IM Gestão de Ativos que viu o seu montante sob gestão crescer 168 milhões para 1.635 milhões de euros.

Ativos sob gestão das entidades nacionais

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos