Tags: Negócio | Consultoria |

As seis questões fundamentais que os financial advisors devem saber do seu cliente


Uma boa planificação financeira começa por entender o risco de investimento, ou seja, a probabilidade de sofrer perdas face à rentabilidade esperada de um determinado investimento. Cada classe de ativos e cada tipo de investimento implica diferentes níveis de risco e de rentabilidade mas, em função dos seus objetivos, os investidores não deverão ter medo de assumir alguns riscos. Na verdade, um ponto de vista equilibrado costuma ajudar o investidor a tomar melhores decisões de investimento. Os horizontes temporais, as etapas de vida, os objetivos fixados e as tendências de comportamento podem influenciar na atitude relativamente ao risco dos investidores. Na plataforma IncomeIQ criada pela Schroders pode encontrar-se um guia para identificar e definir quais são as nove tendências de comportamento mais habituais dos investidores e os conselhos que o financial advisor deve dar aos seus clientes para evitar cair em erros na hora de investir. Neste sentido, existem seis questões fundamentais que o financial advisor deve saber do seu cliente para entender qual é (ou deverá ser) a sua atitude perante o risco.

1- Que experiência possui ao nível do investimento?

Muita gente sobrestima as suas capacidades, inclusive em áreas onde têm muito pouca experiência. Na hora de investir, isto significa muitas vezes não escutar os bons conselhos e depositar demasiada fé nos conhecimentos limitados. Para os investidores inexperientes pode ser difícil manter a calma durante os períodos de baixa rentabilidade, mas as decisões que se tomam de forma precipitada costumam lamentar-se mais tarde.

2 - Que percentagem do seu investimento estão dispostos a perder?

O investimento consiste em encontrar equilíbrio entre riscos e recompensas. No entanto, não há ninguém que goste de perder dinheiro. Um financial advisor ajudará o investidor a criar uma lista de todos os seus ativos e a determinar a proporção que poderá destinar a investimentos com uma rentabilidade potencialmente mais elevada, embora com um risco maior. É essencial que o investidor aceite apenas um nível de risco que seja coerente com as suas necessidades.

3 - Durante quanto tempo deseja manter o investimento?

Pergunta chave. Os investidores que têm mais êxito são aqueles que adoptam uma visão a longo prazo. Mercados como o imobiliário experimentam subidas e quedas ao longo de anos ou até décadas. Um investimento a longo prazo pode justificar um maior nível de risco, já que apresenta maiores possibilidades de enfrentar os períodos de baixo crescimento aproveitando os períodos em que o mercado ou a classe de ativos cresce com perseverança.

4 – Em que etapa da sua vida se encontram?

As etapas da vida influenciam as atitudes relativamente ao risco. Os investidores mais jovens enfrentam o desafio de conseguir um equilíbrio entre os objetivos de longo prazo e as metas de curto prazo, como por exemplo a poupança para pagar quotas escolares ou matrículas universitárias. Por seu lado, os que estão próximos da idade da reforma, têm como prioridade obter receitas regulares e dispor de capital.

5 – As suas tendências de comportamento influenciam a sua atitude perante o risco?

É muito provável que o investidor tenha caraterísticas de comportamento inerentes, das quais pode não estar consciente, e que influenciam as suas decisões de investimento. É importante conhecer quais são as suas possíveis tendências e tentar compreendê-las para saber como podem ser superadas.

6 – Qual é o objetivo do investimento?

Cada objetivo vai requerer um nível de rendimentos ou de receitas distinto. Se o investidor identificou mais do que um objetivo de rendimentos importante, deve-se ter em conta o nível de risco que o investidor está disposto a assumir por cada um desses objetivos. Por exemplo, os investidores preparados para a reforma poderão ter que aceitar um maior nível de risco na proporção do capital que destinem ao financiamento de uma mudança de estilo e vida.  

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos