Tags: Negócio |

As gestoras mais “beneficiadas” pelos resgates no PIMCO Total Return na Europa


Quase dois meses depois de Bill Gross ter abandonado a PIMCO, a sua saída continua a marcar o negócio da gigante norte-americana e, sobretudo, o Total Return Bond Fund, o fundo estrela gerido por Gross e que acumula já 18 meses consecutivos de resgates. Só na Europa a PIMCO registou saídas no valor de 8.700 milhões de euros em outubro, dos quais 2.420 corresponderam ao Total Return, segundo dados da Morningstar, que são citados pelo Financial News. Os volumes do mês e outubro revelam que a Schroders, a Pioneer Investments foram as gestoras que mais beneficiaram dos resgates europeus da PIMCO.

Segundo dados da Morningstar, três fundos europeus denominados em dólares experimentaram fortes fluxos de entrada durante o mês passado: o Pioneer Funds US Dollar Aggregate Bond captou 249 milhões de euros, o Schroder International Selection Fund US Dollar Bond, 219 milhões, e o JPM US Aggregate Bond, 119 milhões. Estas somas contrastam com as entradas registadas em setembro por estes produtos, muito mais modestas, que foram de 37,73 milhões de euros, 6,18 milhões e 4,5 milhões respetivamente.

Nos EUA, o dinheiro que saiu do PIMCO Total Return está a ser absorvido pelos ETFs. Segundo a informação do FT, o BlackRock iShares Core US Aggregate Bon ETF, por exemplo, foi um dos que registou 5.400 milhões de dólares de captações. Ao nível da gestão ativa, uma das entidades que mais beneficiou nos EUA foi a Legg Mason Global AM, segundo o que publica a Bloomberg. 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos