Tags: Consultoria | Negócio |

As gestoras de patrimónios que mais cresceram em abril


O segmento de gestão de patrimónios em Portugal voltou a abrandar em abril. As informações online da APFIPP indicam que em abril este segmento teve uma diminuição de cerca de 0,90% nos ativos sob gestão, que fez com que o AuM deste negócio descesse até aos 57,6 mil milhões de euros no final do mês passado.

Segundo os dados da Associação, a Dunas Capital foi a gestora que maior incremento percentual apresentou no mês em análise. O montante gerido por esta entidade avançou 3,79%, passando dos 7,48 milhões de euros em março, para os 7,76 milhões no final de abril. A Dunas Capital, recorde-se, tem protagonizado alguns movimentos de mercado nos últimos meses. Depois de ter assumido um carácter ibérico no final do ano passado, a entidade chegou também a acordo para a compra da espanhola Inverseguros, e ainda da gestora de fundos imobiliários nacional Selecta.  

Apesar desta ter sido a entidade que mais cresceu em termos percentuais de um mês para o outro, ao nível monetário, o maior incremento foi alcançado pela Patris Gestão de Activos, cujo montante sob gestão ascendeu a 2,6 milhões de euros no mês passado. Assim, a gestora conseguiu terminar o mês de abril com 201,5 milhões de euros de ativos sob gestão, face aos 198,9 de março passado.

Em termos de avanço monetário, destaque também para a Montepio Gestão de Activos, que conseguiu um crescimento absoluto superior a 2,1 milhões de euros de um mês para outro.

Confira o atual panorama de ativos sob gestão neste segmento de  negócio, na tabela abaixo:

Captura_de_ecra__2016-05-17__a_s_12

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos