As categorias Morningstar mais rentáveis a doze meses


Nos últimos doze meses, até final de janeiro passado, o mercado nacional conseguiu uma rendibilidade de 4,21% divididos pelos 228 produtos de investimento que apresentam dados pela Morningstar. A mediana foi de 3,39% enquanto o desvio-padrão da amostra se situou em 8,05%. O mercado português apresenta uma variedade de fundos classificada pela Morningstar em mais de quatro dezenas de categorias associadas ao universo de investimento de cada um dos produtos. Há, no entanto, categorias que apenas apresentam um produto dada a dimensão da indústria nacional. 

As maiores categorias

Entre as categorias da Morningstar que apresentam mais de 10 fundos, a liderança vai para a que incorpora os fundos de ações Portugal com um total de 15 produtos e uma rendibilidade média de 19,98% no período analisado. Dentro desta categoria destaque para os fundos Santander PPA da Santander Asset Management (32,16% de ganhos no período); ES Poupança Acções PPA da ESAF (subida de 27,58%) e para o BPI Poupança Ações da BPI Gestão de Activos (25,43% de valorização).

Com 20 produtos e uma rendibilidade de 4,62%, vem a categoria mistos moderados, com um universo de investimento global. Entre as duas dezenas de produtos, a liderança vai para o Optimize Cap Ref PPR Moderado, da Optimize Investment Partners com ganhos de 8,10%. O Montepio Global da Montepio Gestão de Ativos e o CA Raíz Global da CA Gest, fecham os “três mais” desta categoria, com uma valorização de 6,61% e 5,7%, respetivamente.

Já a categoria dos fundos mistos defensivos apresenta 18 produtos e uma rendibilidade de 4,34%. Nesta categoria o grande motor foi o Invest AR PPR da Invest Gestão de Activos com um ganho de 20,4%. Os outros produtos que fecham o top 3 é o ES Plano Crescimento da ESAF e o Santander Poupança Invest da Santander Asset Management, com uma rendibilidade de 6,27% e 6,13%, respetivamente.

Montepio Gestão de Activos lidera nos sectoriais

Entre as categorias que englobam menos fundos no mercado português, segundo dados da Morningstar, os melhores pertencem à Montepio Gestão de Activos. A liderança vai para o sector das telecomunicações com uma rendibilidade de 27,28% através de apenas um fundo: Montepio Euro Telcos. Na segunda posição vem o sector da saúde com um fundo (Montepio Euro Healthcare) e uma rendibilidade de 19,2%. De seguida aparece o sector das “utilities” com uma valorização de 15,43% e é representada pela fundo Montepio Euro Utilities.

(Análise Funds People a partir de dados cedidos pela Morningstar. Dados de rendibilidade no fecho de janeiro de 2014)
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos