Tags: Negócio |

As captações líquidas em novembro nos Fundos Alternativos


O mês de novembro deixou os ânimos novamente mais alegres, ao ser o melhor mês de 2015 no que toca às captações líquidas. Os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – mostram que as captações líquidas no mês passado rondaram os 305 milhões de euros.

Olhando para os Fundos de Investimentos Alternativos (FIA), estes registam um saldo entre subscrições e resgates de 147 milhões de euros com apenas cinco produtos a conseguirem apresentar um fluxo de entradas de dinheiro positivo. A categoria que junta os FIA Monetários de Curto Prazo foi aquela que tomou as rédeas com um saldo de 82,5 milhões de euros, e nesta categoria encontramos o fundo que mais se destacou no mercado nacional no mês passado, neste aspecto. É ele: o BPI Monetário Curto Prazo. Pelo segundo mês consecutivo este fundo da BPI Gestão de Activos foi o que mais captou, desta feita com um saldo de 84,2 milhões de euros. No final do mês passado era o sexto maior produto do mercado nacional e registava, nos últimos cinco anos, uma rendibilidade de 1,1%. De acordo com a definição presente na APFIPP, o produto investe “exclusivamente em instrumentos do mercado monetário e depósitos bancários de qualidade elevada, unidades de participação de Fundos do Mercado Monetário Curto Prazo e de Fundos de Investimento Alternativo Monetário de Curto Prazo e instrumentos financeiros derivados”.

Logo depois vem um FIA de Curto Prazo denominado de IMGA Extra Tesouraria III. Sob responsabilidade da IM Gestão de Ativos, em novembro o seu montante em captações líquidas foi de 67,7 milhões de euros. Foi o segundo mês seguido em que se destacou, já que em outubro tinha sido o terceiro produto com mais captações líquidas do mercado português. De acordo com APFIPP, o fundo investe “mais de 85% em activos com maturidade residual inferior a um ano”.

O Caixa Fundo Monetário, da Caixagest, é o terceiro produto entre os FIA que apresenta melhor saldo entre subscrições e resgates. Trata-se de um FIA Monetário e o seu saldo foi de 3,9 milhões de euros. Este fundo é, também, o segundo maior do mercado nacional com um património superior a 694 milhões de euros.

 

            Os FIA com captações líquidas positivas em Novembro

FundoGestoraCategoria APFIPPCaptações Líquidas
BPI Monetário Curto Prazo - FIA
FIA Monetário de Curto Prazo
84 221 300 €
IMGA Extra Tesouraria III - FIA
FIA de Curto Prazo
67 754 000 €
Caixa Fundo Monetário - FIA
FIA Monetário
3 908 200 €
NB Rendimento - FIA
FIA de Curto Prazo
20 800 €
CA Alternativo - FIA
FIA Flexível
19 700 €
Fonte: APFIPP no final de Novembro
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos