Tags: Gestores | Negócio |

As afirmações mais interessantes de Jeremy Siegel no Amundi World Investment Forum


O Amundi World Investment Forum, celebrado recentemente pela Amundi no Museu do Louvre em Paris, contou com várias figuras de renome da indústria financeira mundial. Foi o caso de Jim Rogers, Daniel Kahneman e também Jeremy Siegel, professor da Universidade de Wharton (Pennsylvania, Estados Unidos), popularmente conhecido pelo seu livro Stocks for the Long Run. A sua participação no evento não deixou ninguém indiferente, sobretudo por causa da sua entusiasta visão e expectativas sobre os mercados de ações, especialmente o norte-americano, cuja atratividade considera grande por estes dias. Em seguida, resumimos os principais pontos argumentados pelo especialista durante a sua intervenção no Forum.

Afirmação # 1: As valorizações das ações estão muito baixas. A bolsa não está cara. Tudo ao contrário. Está barata e há que comprar.

Afirmação # 2: A dividend yield que historicamente têm oferecido as ações, bateu sempre a inflação.

Afirmação # 3: As ações são a classe de ativos mais volátil a curto prazo, mas é a que tem demonstrado ter um comportamento mais estável a longo prazo. Em todos os países do mundo, a longo prazo as ações saíram-se melhor do que as obrigações.

Afirmação # 4: De um PER de 18,2 vezes prevê-se uma rentabilidade real de 5,5% para as ações. Isso está 5 pontos acima do que é oferecido pelas obrigações norte-americanas ligadas à inflação.

Afirmação # 5: A rentabilidade dos lucros é um bom indicador da rentabilidade real a longo prazo. Assim, se analisarmos os últimos 140 anos, observamos que um PER médio de 15 vezes equivale a uma taxa de rentabilidade real das ações de 6,7%.

Afirmação # 6: O maior mito que existe no mundo é que foram os bancos centrais que colocaram as taxas de juro perto de zero. É falso. O contexto é que conduziu a esta situação. As autoridades monetárias, a única coisa que fizeram, foi seguir a tendência.

Afirmação # 7:  O que se tem passado no mundo nas últimas décadas tem sido uma impressionante queda da produtividade. Isso deve-se a três factores: uma força laboral pouco formada para os empregos do século XXI, o novo contexto regulatório que não foi acrescentado ao PIB e o efeito que está a ter a erupção da tecnologia. Não nos podemos esquecer que muitas empresas como a Google estão a oferecer serviços gratuitos.

Afirmação # 8:  Não acredito que Donald Trump vá ganhar eleições. As suas políticas não têm nenhum apoio no Congresso. Estou convencido que Hillary Clinton vai acabar por ganhar as eleições presidenciais por uma margem maior do que aquela que as sondagens indicam.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos