Tags: Obrigações | Ações |

As 15 categorias mais rentáveis nos últimos doze meses


A Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – divide os fundos que analisa em três dezenas de categorias, sendo que nos últimos doze meses a rendibilidade média do mercado é de 4,33%.

Nos doze meses anteriores a 27 de março, investir em fundos de ações norte-americanas tem dado ao investidor uma rendibilidade média de 28,64%. Segundo os dados publicados pela APFIPP esta é a média de rendibilidade dos seis fundos de investimentos que englobam a categoria, sendo que a liderança vai para o BPI América denominado em euros, da BPI Gestão de Activos, que é, também, o melhor fundo a doze meses há 16 semanas consecutivas.

Já a segunda categoria mais rentável no período analisado é a dos fundos de investimento alternativo Multi-Activos. Esta é uma das novas categorias APFIPP que, a 27 de março, englobava apenas um produto: o Banif Ásia da Banif Gestão de Activos. No período em análise este fundo apresenta uma rendibilidade de 25,84%.

Acima de 20% de rendibilidade média ainda aparece uma categoria. Trata-se dos “outros fundos de ações internacionais” que nos últimos doze meses atinge uma rendibilidade média de 21,87%. A Associação engloba uma dúzia de produtos neste grupo de produtos, sendo o mais rentável, um fundo da Caixagest, mais propriamente o Caixagest Acções Japão com ganhos de 30,65%. O Millennium Global Equities Selection da Millennium Gestão de Activos e ainda o BPI Ásia Pacífico são os restantes fundos do Top3 nesta categoria.

Ainda a contar com uma valorização de dois dígitos surgem mais duas categorias: os Fundos Multi-Activos Agressivos e os Fundos de Acções Sectoriais. No primeiro caso a rendibilidade média é de 15,5% enquanto na segunda categoria o retorno médio é de 13,63%.

As 15 categorias APFIPP mais rentáveis nos últimos doze meses

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos