Tags: Emergentes | Latam |

ANBIMA quer maior atratividade dos fundos de investimento para o retalho


A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros de Capitais (ANBIMA) está a desenvolver trabalho no sentido de aumentar a atratividade dos fundos de investimento para o varejo (retalho). Luiz Sorge, diretor da entidade, referiu na semana passada, que pretendem “reverter a tendência de diminuição da participação do varejo (retalho) na indústria de fundos”.

Carlos Massaru, vice-presidente da ANBIMA, acrescentou também que existem hoje grandes oportunidades no retalho, por causa da ascensão social da população brasileira. “Esta é uma boa oportunidade futura, e a ANBIMA está a trabalhar para ter condições mais adequadas para atrair esse tipo de investidor”, acrescentou, referindo também que está a ser levado a cabo um trabalho conjunto com o governo e o regulador.

Citando o aumento do interesse do retalho no segmento de previdência complementar, Robert Van Dijk, vice-presidente da associação, refere que “o retalho na previdência complementar mostra um horizonte de longo prazo”.

É de relembrar que em novembro do ano que agora terminou, a participação do investidor do varejo (retalho) na indústria de fundos brasileira era de 14,4%, enquanto no mesmo mês de 2007, esse valor era de 25%.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos