Alocação: os melhores fundos dos últimos 6 meses


Os 233 fundos com dados a seis meses pela Morningstar mostram que o mercado teve, no período, uma valorização de 2,28%.  A mediana situou-se nos 1,244% enquanto o desvio-padrão foi de apenas 5%. Na classe de Alocação, os 72 fundos de investimento tiveram uma rendibilidade média de 1,14%.

O fundo Invest AR PPR da Invest Gestão de Activos é o melhor produto a seis meses do mercado nacional, no que diz respeito à categoria de Alocação. O fundo é de cinco estrelas para a Morningstar e apresenta no período analisado uma rendibilidade de 5,832%. A dez anos consegue uma rendibilidade anualizada de 13,57%. Tem como principais posições dívida estatal espanhola e portuguesa, sendo que o top 3 é fechado pelo ETF iShares EURO STOXX 50. 65% da carteira está investida em obrigações.

O segundo lugar vai para o fundo Patris Valorização, da Patris Gestão de Activos, com ganhos de 5,56% nos período em análise. Apesar do fundo investir mais em ações, as maiores posições são de dívida corporativa, como é o caso da Elepor e da Unicredit Spa ou da Telecom Italia. A maior posição acionista pertence ao BCP.

A fechar o top 3 dos melhores fundos de investimento do período entre junho e novembro aparece o fundo da ESAF, ES Plano Dinâmico que obteve uma rendibilidade de 5,48%. O fundo apresenta nas três maiores posições, de acordo com dados da Morningstar no fecho de novembro de 2013, o Dj Euro Stox50 Dez13 com um peso de 25,62%, seguindo-se dívida soberana italiana com 10,45% e a fechar o pódio um futuro sobre o S&P500 numa percentagem de 7,31%.

Destaque, ainda, para o Optimize Investimento Activo e Popular Valor que tiveram rendibilidades de 4,975% e 4,8%, respetivamente, sendo os produtos que fecham o top dos 5 mais rentáveis no mercado no período analisado.

(Análise Funds People a partir de dados apresentados pela Morningstar)
Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1 3
Anterior 1 3

O Mais Lido

Próximos eventos