Tags: Negócio |

Agosto: análise dos fluxos de entradas nos fundos portugueses de obrigações


Nos primeiros oito meses do ano, as captações líquidas do mercado nacional de fundos de investimento registam valor negativo, na ordem dos 343 milhões de euros, de acordo com os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP. Analisando apenas as categorias que englobam os fundos de obrigações – Obrigações Euro, Obrigações Taxa Indexada e Obrigações Internacionais – o valor do saldo entre subscrições e resgates também é negativo, desta feita na ordem dos 545 milhões de euros.

Ainda assim, apesar do saldo ser negativo, existem oito produtos que conseguem ter mais subscrições do que resgates. Desses oito aquele que regista o valor mais alto é o Caixagest Obrigações, que a Associação classifica como um fundo de obrigações de taxa indexada. Nos primeiros oito meses do ano as captações líquidas foram de 76 milhões de euros, sendo que este fundo da Caixagest é também o maior fundo do mercado, entre os que investem em obrigações. O fundo privilegia a diversificação regional ao investir em vários continentes, tendo nas maiores posições da carteira tanto dívida corporativa da portuguesa (Caixa Geral de Depósitos) como emissões norte-americanas do Citigroup e Goldman Sachs.

Variedade entre os mais subscritos

Existem, também, mais dois produtos que superam os 10 milhões de euros de saldo positivo entre subscrições e resgates: o BPI Obrigações Mundiais e ainda o Caixagest Obrigações Mais. Os dois produtos são de categorias diferentes, sendo também de um segmento distinto do Caixagest Obrigações.

O BPI Obrigações Mundiais faz parte da categoria que junta os fundos  que investem em obrigações internacionais. Gerido pela BPI Gestão de Activos, consegue ter captações líquidas de 17 milhões de euros. No final de agosto os seus ativos sob gestão atingiam os 45 milhões de euros, com os maiores investimentos a serem realizados em dívida da norte-americana, mais propriamente da empresa Amazon. Entre as dez maiores posições em carteira, encontramos investimentos em dívida de empresas sediadas na Europa, nos EUA e ainda nas Ilhas Caimão.

Já o outro produto, Caixagest Obrigações Mais, regista captações líquidas superiores a 15,5 milhões de euros. O fundo é classificado pela Associação como “obrigações euro’ e tinha, no final de agosto, um património superior a 35 milhões de euros. De acordo com o prospeto, o fundo gerido pela Caixagest “investirá, direta ou indiretamente, um mínimo de 2/3 do Valor Líquido Global do Fundo (VLGF) em obrigações”, no entanto, a maior posição em carteira no final do mês de agosto ia para UPs de outro fundo da entidade: o Caixagest Obrigações. Entre os títulos de dívida corporativa que se encontram nas maiores posições, encontram-se dívida do BCP. Fora da esfera nacional estão emissões de empresas como a Sky, a Telefonica ou o Bank of America.

Mais uma ‘mão cheia’ positiva

Os restante cinco produtos que registam mais subscrições do que resgates, apresentam um saldo inferior a 10 milhões de euros. Com mais de 8 milhões figura o Santander MultiTaxa Fixa da Santander Asset Management. No final do oitavo mês do ano o fundo tinha 47 milhões de euros em património, com os investimentos em dívida soberana de países como Itália, Portugal e Espanha a dominarem a carteira.

O Caixagest Obrigações Longo Prazo e Postal Capitalização da Caixagest, o Optimize Europa Obrigações da Optimize Investment Partners e ainda o Banif Euro Corporates da Banif Gestão de Activos são os restantes produtos com saldo positivo, embora abaixo dos 5 milhões de euros em captações líquidas.

Os fundos de obrigações com captações líquidas positivas em 2015

FundoGestoraCategoriaCaptações líquidas 2015
Caixagest ObrigaçõesCaixagestObrigações Taxa Indexada76 738 400 €
BPI Obrigações MundiaisBPI Gestão de ActivosObrigações Internacional17 098 200 €
Caixagest Obrigações MaisCaixagestObrigações Euro15 581 200 €
Santander Multi Taxa FixaSantander Asset ManagementObrigações Euro8 141 700 €
Caixagest Obrigações Longo PrazoCaixagestObrigações Euro3 404 900 €
Optimize Europa ObrigaçõesOptimize Investment PartnersObrigações Internacional1 619 600 €
Banif Euro CorporatesBanif Gestão de ActivosObrigações Euro1 274 600 €
Postal CapitalizaçãoCaixagestObrigações Taxa Indexada154 800 €

Fonte: APFIPP no final de agosto

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos