Tags: Negócio |

Activos sob gestão da Orey Financial recuam 11,7%


Os activos sob gestão da Orey Financial recuaram 11,7% nos primeiros três meses deste ano, influenciados sobretudo pelo desempenho dos fundos imobiliários, num período em que o ‘private equity’ destacou-se pelo aumento nos volumes.

No final de Março, o valor dos activos sob gestão era de 141 milhões de euros, o que compara com cerca de 160 milhões, em igual período do ano passado, de acordo com o comunicado de resultados do primeiro trimestre.

A contribuir para esta descida estiveram sobretudo os fundos de investimento imobiliário, cujo montante gerido recuou 51,2%, para 12,5 milhões de euros, de 25,7 milhões entre Janeiro e Março de 2012. Um reflexo do comportamento do mercado imobiliário”, que, sublinha a Orey, “tem sido um dos sectores económicos mais negativamente afectado pelo actual período de resgate financeiro”. A sociedade gere actualmente três fundos imobiliários.

Nos fundos de investimento mobiliário (fundo Orey Opportunity Fund) houve uma quebra de 38,8%, com o valor sob gestão a recuar para 2,87 milhões de euros, de 4,68 milhões um ano antes, ficando este desempenho a dever-se a uma “maior procura por parte dos investidores de activos/produtos com maior risco e de taxa fixa, nomeadamente estratégias de investimento no mercado accionista e produtos de taxa fixa com objectivos no médio/longo prazo e emissões obrigacionistas com risco ‘high yield’”.

Na consultoria de investimento e gestão discricionária a descida homóloga foi de 4,1% para 58,2 milhões de euros. O trimestre “ficou marcado por um novo aumento da oferta de produtos de taxa fixa, permitindo assim fidelizar e aumentar o envolvimento dos clientes existentes, bem como contribuir para a captação de novos clientes”, refere a Orey no comunicado. Por outro lado, acrecsenta, “o alargamento da oferta de estratégias de investimento globais e diversificadas, permitiu complementar carteiras de investimento de médio/longo prazo com estratégias de trading, com um horizonte temporal de investimento mais curto”. A corretagem online teve um recuo de 17,9% para 35,3 milhões.

A compensar parte destes decréscimo esteve a melhoria registada na área de ‘private equity’, onde o valor gerido aumentou 25,5%, passando para 32,1 milhões de euros, face a 25,6 milhões um ano antes. Este crescimento “resultou da revalorização, ao justo valor, dos investimentos, a qual foi influenciada por uma boa performance operacional demonstrada no crescimento do EBITDA das empresas do portfolio, com particular incidência em África e também influenciada pela melhoria da posição de ‘net debt’ no portfolio localizado na Península Ibérica”, é referido no comunicado.

O Orey Capital Partners é um fundo sectorial com foto nas áreas de transporte e logística, que agrega as participações do grupo nestas áreas e que tem como objectivo, em termos geográficos, investir na Península Ibérica, África (particularmente Angola e Moçambique) e no Brasil.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos