Tags: Ações | Europa |

Ações nacionais impulsionam rentabilidades dos fundos em setembro


Num mês de rentrée, o mercado acionista português parece ter registado um movimento ascendente, o que se refletiu na lista de produtos mais rentáveis do mês de setembro. Assim, ao contrário do que foi habitual durante os meses de julho e agosto, em que o Brasil foi o tema dominante, as ações nacionais terminam o nono mês do ano em destaque.

Captura_de_ecra__2017-10-3__a_s_11

Fonte: Euronext, 2 de outubro

O crescimento do principal índice acionista nacional foi de 3,92% durante o mês de setembro, mas terão conseguido os fundos de ações portuguesas bater esta rentabilidade?

Olhando para a rentabilidade dos três produtos mais rentáveis, cujo universo de investimento é o mercado acionista nacional, podemos constatar que sim. De facto, com uma rentabilidade de 7,60%, o NB Portugal Ações é o produto mais rentável do mês de setembro, detendo um volume de ativos sob gestão superior a 24 milhões de euros.

Imediatamente a seguir surgem o IMGA Ações Portugal, que gere um património de cerca de 27,2 milhões de euros, e o Santander Acções Portugal, cujo volume sob gestão ascende a 83,08 milhões de euros, com uma rentabilidade de 6,67% e de 6,28%, respetivamente.

Não obstante, o terceiro lugar do pódio é partilhado por dois produtos da responsabilidade da Santander Asset Management, ambos com ganhos de 6,28%: Pelo já referido Santander Acções Portugal e pelo Santander PPA, sendo o único fundo de poupança que obteve uma rentabilidade superior a 6%.

Por fim, destaque para os restantes dois produtos cujo universo de investimento é o mercado acionista nacional, que fecham o top 5 dos produtos mais rentáveis do mês de setembro. Falamos do BPI Portugal e do Caixagest Acções Portugal, que obtiveram uma rentabilidade de 5,87% e de 5,86%, respetivamente. Assim, conforme verificámos, os cinco produtos mais rentáveis superaram a rentabilidade de 4,9% registada pelo PSI20 no decorrer do nono mês do ano.

Captura_de_ecra__2017-10-3__a_s_11

Fonte: Morningstar Direct, 30 de setembro

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos